Efeitos da exposição à fumaça lateral do cigarro sobre o barorreflexo em ratos adultos

Efeitos da exposição à fumaça lateral do cigarro sobre o barorreflexo em ratos adultos

Título alternativo Sidestream cigarette smoke exposure effects on baroreflex in adult rats
Efectos de la exposición al humo lateral del cigarrillo sobre el barorreflejo en ratones adultos
Autor Valenti, Vitor Engrácia Autor UNIFESP Google Scholar
Abreu, Luiz Carlos de Google Scholar
Ferreira, Celso Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Faculdade de Medicina do ABC Departamento de Morfologia e Fisiologia
Faculdade de Medicina do ABC Departamento de Clínica Médica
Resumo BACKGROUND: It has been evidenced in the literature that exposure to cigarette smoke causes hypertension in rats; however, it has not been demonstrated if the baroreflex function is impaired before the animal becomes hypertensive. OBJECTIVE: We evaluated short-term effects of sidestream cigarette smoke (SSCS) exposure on baroreflex function in Wistar normotensive rats. METHODS: Rats were exposed to SSCS during three weeks, 180 minutes, five days per week, at a concentration of monoxide carbon between 100-300 ppm. Mean arterial pressure (MAP) and heart rate (HR) were evaluated through cannulation of the femoral vein and artery. RESULTS: There was no significant difference between control and SSCS groups regarding basal mean arterial pressure and heart rate, sympathetic and parasympathetic components of the baroreflex function. CONCLUSION: Our data suggest that three weeks of exposure to SSCS is not enough to significantly impair cardiovascular parameters and baroreflex sensitivity in normotensive Wistar rats.

FUNDAMENTO: Ha sido demostrado en la literatura que la exposición al humo del cigarrillo causa hipertensión en ratones; entre tanto, aun no fue demostrado si la función barorreflexa está perjudicada antes que el animal se vuelva hipertenso. OBJETIVO: Evaluamos los efectos de corto plazo de la exposición al humo lateral del cigarrillo (HLC) sobre la función barorreflexa en ratones Wistar normotensos. MÉTODOS: Los ratones fueron expuestos al HLC durante tres semanas, 180 minutos, cinco días por semana, a una concentración de monóxido de carbono entre 100-300 ppm. La presión arterial media (PAM) y la frecuencia cardíaca (FC) fueron evaluadas a través de canulación de la vena y arteria femoral. RESULTADOS: No hubo diferencia significativa entre los grupos control y HLC en relación a la MAP y FC, componentes simpáticos y parasimpáticos de la función barorreflexa. CONCLUSIÓN: Nuestros datos sugieren que tres semanas de exposición a la HLC no son suficientes para causar daño significativo a los parámetros cardiovasculares y sensibilidad barorreflexa en ratones Wistar normotensos.

FUNDAMENTO: Tem sido demonstrado na literatura que a exposição à fumaça do cigarro causa hipertensão em ratos; entretanto, ainda não foi demonstrado se a função barorreflexa está prejudicada antes do animal se tornar hipertenso. OBJETIVO: Avaliamos os efeitos de curto prazo da exposição à fumaça lateral do cigarro (FLC) sobre a função barorreflexa em ratos Wistar normotensos. MÉTODOS: Os ratos foram expostos à FLC durante três semanas, 180 minutos, cinco dias por semana, a uma concentração de monóxido de carbono entre 100-300 ppm. A pressão arterial média (PAM) e a freqüência cardíaca (FC) foram avaliadas através de canulação da veia e artéria femoral. RESULTADOS: Não houve diferença significante entre os grupos controle e FLC em relação à MAP e FC, componentes simpáticos e parassimpáticos da função barorreflexa. CONCLUSÃO: Nossos dados sugerem que três semanas de exposição à FLC não são suficientes para causar dano significante aos parâmetros cardiovasculares e sensibilidade barorreflexa em ratos Wistar normotensos.
Palavra-chave Tobacco
smoke
smoke inhalation injury
baroreflex
rats
Tabaco
fumaça
lesão por inalação de fumaça
barorreflexo
ratos
Idioma Português
Financiador Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
Data de publicação 2011-02-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Cardiologia. Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC, v. 96, n. 2, p. 148-153, 2011.
ISSN 0066-782X (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC
Extensão 148-153
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0066-782X2010005000164
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000265546400009
SciELO S0066-782X2011000200010 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6316

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0066-782X2011000200010.pdf
Tamanho: 374.0KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta