Características dos doadores de córneas do Banco de Olhos de Cascavel: impacto do exame anti-HBc para hepatite B

Características dos doadores de córneas do Banco de Olhos de Cascavel: impacto do exame anti-HBc para hepatite B

Título alternativo Characteristics of corneal donors in the Cascavel Eye Bank: impact of the anti-HBc test for hepatitis B
Autor Shiratori, Cesar Nobuo Google Scholar
Hirai, Flávio Eduardo Autor UNIFESP Google Scholar
Sato, Elcio Hideo Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Banco de Olhos de Cascavel
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo PURPOSE: To describe the characteristics of human ocular tissue donors from the Cascavel Eye Bank in the State of Paraná (PR) and investigate the impact of hepatitis B serologic test positivity on discarded ocular tissues. METHODS: Cross-sectional study of data collected between March 2006 and April 2007 at the Cascavel Eye Bank. Information such as age, gender, cause of death, time between death and enucleation, and serologic tests results was collected. Data were used to characterize the study population and stratified according to hepatitis B (anti-HBc) status. RESULTS: Mean age of donors was 54.2 ± 20.6 years and a greater proportion of men (64,7%) was observed. Mean time between death and enucleation was 3.8 ± 2.4 hours, cardiovascular diseases were the main cause of death (34.5%). Positivity of anti-HBc and HBsAg tests was 47.4% and 1.5%, respectively. Hepatitis B was the main reason for discarding corneas. Donors whose serologic tests were positive for anti-HBc had higher mean age compared to those with negative tests (p<0.001). Only 0.8% of all donations tested positive for hepatitis C and donors with positive HIV test were not seen in our study. CONCLUSIONS: Activities of the Cascavel Eye Bank significantly increased the availability of corneas for transplant in the State of Paraná. The main contraindication for availability of ocular tissues was positivity of serologic tests for anti-HBc. Biosafety studies should be performed in order to investigate the potential transmission of hepatitis B virus for donors with positive tests for anti-HBc. The inclusion of these donors would increase the number of corneas available for transplant.

OBJETIVOS: Traçar o perfil dos doadores de tecidos oculares humanos na região de atuação do Banco de Olhos de Cascavel - Paraná (PR) e verificar o impacto da positividade da sorologia positiva para hepatite B (anti-HBc) no descartes dos tecidos oculares. MÉTODOS: Estudo do tipo transversal de dados do Banco de Olhos de Cascavel do período de março de 2006 a abril de 2007. Informações como idade, sexo, causa de óbito, tempo entre óbito e enucleação e resultados sorológicos de doadores foram coletadas. Dados foram agrupados para caracterização da população de estudo e distribuídos segundo positividade da sorologia para hepatite B (anti-HBc). RESULTADOS: A média de idade dos doadores foi de 54,2 ± 20,6 anos e a maioria era do sexo masculino (64,7%). Tempo médio entre óbito e enucleação foi de 3,8 ± 2,4 horas, a principal causa de óbito foram doenças cardiovasculares (34,5%). Positividade para os marcadores anti-HBc e HBsAg foi de 47,4% e 1,5%, respectivamente, sendo os exames sorológicos para hepatite B a maior causa de descarte dos tecidos oculares doados. Doadores com sorologia positiva para anti-HBc apresentaram maior média de idade comparados com doadores com sorologia negativa (p<0,001). Somente 0,8% das doações apresentaram sorologia positiva para hepatite C. Não houve doações com sorologia para HIV positiva no período do estudo. CONCLUSÕES: Implementação do Banco de Olhos de Cascavel aumentou significativamente a disponibilização de córneas para transplante no Estado do Paraná. A principal contraindicação para disponibilização de tecidos oculares foi a positividade na sorologia para anti-HBc. Estudos de biosegurança devem ser realizados a fim de investigar o potencial de transmissão da hepatite B de doadores positivos para esse marcador. A inclusão desses doadores como doações efetivas acarretaria maior disponibilização de tecidos para transplantes.
Palavra-chave Eye banks
Corneal diseases
Corneal transplantation
Tissue donors
Tissue and organ procurement
Organ preservation
Tissue preservation
Hepatitis B
Hepatitis B surface antigens
Quality control
Banco de olhos
Doenças da córnea
Transplante de córnea
Doadores de tecidos
Obtenção de tecidos e órgãos
Preservação de órgãos
Preservação de tecidos
Hepatite B
Antígenos de superfície da hepatite B
Controle de qualidade
Idioma Português
Data de publicação 2011-02-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Oftalmologia. Conselho Brasileiro de Oftalmologia, v. 74, n. 1, p. 17-20, 2011.
ISSN 0004-2749 (Sherpa/Romeo)
Publicador Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Extensão 17-20
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27492011000100004
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-27492011000100004 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6310

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-27492011000100004.pdf
Tamanho: 264.1KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta