Avaliação de fatores clínicos, laboratoriais e ultrassonográficos preditores de malignidade em nódulos tiroidianos

Avaliação de fatores clínicos, laboratoriais e ultrassonográficos preditores de malignidade em nódulos tiroidianos

Título alternativo Evaluation of clinical, laboratorial and ultrasonographic predicting factors of malignancy in thyroid nodules
Autor Rio, Ana Luiza Silva Autor UNIFESP Google Scholar
Biscolla, Rosa Paula Mello Autor UNIFESP Google Scholar
Andreoni, Danielle Macellaro Autor UNIFESP Google Scholar
Camacho, Cléber Pinto Autor UNIFESP Google Scholar
Nakabashi, Cláudia Cristina Doimo Autor UNIFESP Google Scholar
Mamone, Maria da Conceição de Oliveira Carneiro Autor UNIFESP Google Scholar
Ikejiri, Elza Setsuku Autor UNIFESP Google Scholar
Matsumura, Luiza Kimiko Autor UNIFESP Google Scholar
Hidal, Jairo Tabacow Autor UNIFESP Google Scholar
Maciel, Rui Monteiro de Barros Autor UNIFESP Google Scholar
Furlanetto, Reinaldo Perrone Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein Centro de Doenças Tiroidianas
Fleury Medicina e Saúde
Resumo OBJECTIVE: To evaluate the risk of malignancy in thyroid nodules through clinical, laboratory, ultrasonographic and cytological aspects. PATIENTS AND METHODS: 741 nodules of 407 patients. RESULTS: The cytology was benign (60,5%), indeterminate (23,3%), malignant (8,3%) or nondiagnostic (7,6%). The prevalence of cancer in indeterminate citology was 18,5% (16% in follicular lesions, 44% in suspicious). The diagnosis of malignancy was 17,2% (n = 70). The frequency of cancer in women (15,2%) was lower than in men (27,9%). There was an inverse relation between age and cancer risk. There was no statistical significance in the prevalence of cancer according to number, size of nodules or TSH levels. Hypoechogenicity and microcalcifications on ultrasound were risk factors. CONCLUSION: The risk of malignancy was higher in men, hypoechoic nodules, with microcalcifications and was inversely related to age. The TSH level was not an independent factor predictive of malignancy.

OBJETIVO: Avaliar risco de malignidade de nódulos tiroidianos por meio de aspectos clínicos, laboratoriais, ultrassonográficos e citológicos. PACIENTES E MÉTODOS: 741 nódulos de 407 pacientes. RESULTADOS: A citologia foi benigna (60,5%), indeterminada (23,3%), maligna (8,6%) ou não diagnóstica (7,6%). A prevalência de câncer nas citologias indeterminadas foi 18,5% (16% nas lesões foliculares, 44% nas suspeitas). O diagnóstico de malignidade foi 17,2% (n = 70). A frequência de câncer em mulheres (15,2%) foi menor do que em homens (27,9%). Houve uma relação inversa entre idade e risco de câncer. Não houve significância estatística na prevalência de câncer de acordo com número, tamanho dos nódulos ou níveis de TSH. Hipoecogenicidade e microcalcificações ao ultrassom foram fatores de risco. CONCLUSÃO: O risco de malignidade foi maior em homens, nódulos hipoecogênicos, com microcalcificações e inversamente relacionado à idade. O nível de TSH não foi um preditor independente de malignidade.
Palavra-chave Thyroid nodules
male sex
age
ultrasonography
fine needle aspiration biopsy
Nódulo de tiroide
sexo masculino
idade
ultrassonografia
punção de tiroide
Idioma Português
Financiador Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Data de publicação 2011-02-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia. Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, v. 55, n. 1, p. 29-37, 2011.
ISSN 0004-2730 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia
Extensão 29-37
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27302011000100004
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000288822400004
SciELO S0004-27302011000100004 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6308

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-27302011000100004.pdf
Tamanho: 1.371MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta