Diabetes como causa básica ou associada de morte no Estado de São Paulo, Brazil, 1992

Diabetes como causa básica ou associada de morte no Estado de São Paulo, Brazil, 1992

Título alternativo Diabetes as underlying or associated cause of death in the State of S. Paulo, 1992
Autor Franco, Laercio Joel Autor UNIFESP Google Scholar
Mameri, Cecília Autor UNIFESP Google Scholar
Pagliaro, Heloisa Autor UNIFESP Google Scholar
Iochida, Lucia Christina Autor UNIFESP Google Scholar
Goldenberg, Paulete Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo INTRODUCTION: Analysis of mortality data are usually performed with reference to the underlying cause of death. The importance of diabetes as a cause of death is always underestimated, because diabetics generally die from chronic complications of the disease, these being considered as the underlying cause of the death. To attenuate this problem, mortality data should be analized on the basis of all the causes listed on the death certificate. Frequency of references to diabetes on death certificates and the principal associated causes were evaluated as a contribution to the solution of this problem. METHODOLOGY: Specific death rates and proportional mortality by diabetes, as underlying or associated cause, were calculated on the basis of information derived from death certificates by the ACME program (Automated Classification of Medical Entities), for the State of S. Paulo, in 1992. RESULTS AND CONCLUSIONS: Of a total of 202,141 deaths, diabetes was mentioned in 13,786 (6.8%) and as being the underlying cause in 5,305(2.6%). The proportion was higher for women than men (10.1 vs. 4.6% as mentioned, and 6.1 vs 2.9% as underlying cause). Among deaths with a mention of diabetes on the certificate, the main underlying causes were: diabetes (38.5%), cardiovascular (37.2%) and respiratory (8.5%) diseases, and neoplasias (4.8%). When diabetes was the underlying cause, the main associated causes were: cardiovascular (42.2%), respiratory (10.7%) and genitourinary (10.1%) diseases. When diabetes was an associated cause, the main underlying causes were: cardiovascular (60.5%) and respiratory (13.8%) diseases, and neoplasias (7.9%). In spite of the limitation of the data from death certificates, it is possible to observe the importance of diabetes as cause of death, reflecting its magnitude as a health problem. Also, the analysis by multiple causes of deaths gives an idea of the morbidity profile associated with diabetes at the time of death, showing the importance of the group of cardiovascular diseases.

INTRODUÇÃO: As estatísticas de mortalidade, em geral, baseiam-se na análise das causas básicas de óbito. No caso do diabetes, sua importância é sempre subestimada, pois os diabéticos geralmente morrem devido às complicações crônicas da doença, sendo estas que figuram como a causa básica do óbito. Para atenuar esse problema, deveriam ser analisadas todas as causas mencionadas no atestado de óbito. Como contribuição ao problema foi analisada a freqüência das menções do diabetes nas declarações de óbito e as principais causas associadas. METODOLOGIA: Os coeficientes específicos e a mortalidade proporcional por diabetes, como causa básica ou associada, foram calculados com base nas informações extraídas dos atestados de óbito, através do sistema ACME (Automated Classification of Medical Entities), para o Estado de São Paulo, em1992. RESULTADOS E CONCLUSÕES: De um total de 202.141 óbitos, o diabetes foi mencionado em 13.786 (6,8%), sendo a causa básica em 5.305 (2,6%). A proporção foi maior para mulheres do que para homens (10,1 vs 4,6% como causa mencionada e 6,1 vs 2,9% como causa básica). Entre os óbitos com menção de diabetes no atestado, as principais causas básicas foram: diabetes (38,5%), doenças cardiovasculares (37,2%), doenças respiratórias (8,5%) e neoplasias (4,8%). Quando o diabetes foi a causa básica, as principais causas associadas foram: doenças cardiovasculares (42,2%), respiratórias (10,7%) e geniturinárias (10,1%) . Nos casos onde o diabetes figura como causa associada, as principais causas básicas foram as doenças cardiovasculares (60,5%), respiratórias (13,8%) e neoplásicas (7,9%). Apesar das limitações dos dados obtidos dos atestados de óbito, observou-se que o diabetes representa uma importante causa de morte, traduzindo um problema de saúde de grande magnitude. Também, a análise pelas causas múltiplas de morte fornece um perfil da morbidade associada ao diabetes por ocasião do óbito, salientando a importância das doenças cardiovasculares.
Palavra-chave Diabetes mellitus
Causes of death
Diabetes mellitus
Causas múltiplas da morte
Idioma Português
Data de publicação 1998-06-01
Publicado em Revista de Saúde Pública. Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, v. 32, n. 3, p. 237-245, 1998.
ISSN 0034-8910 (Sherpa/Romeo)
Publicador Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Extensão 237-245
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89101998000300006
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0034-89101998000300006 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/630

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0034-89101998000300006.pdf
Tamanho: 66.41KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta