Utilização de endoprótese auto-expansível (Stent) introduzida através da artéria femoral para tratamento de dissecção da aorta descendente

Utilização de endoprótese auto-expansível (Stent) introduzida através da artéria femoral para tratamento de dissecção da aorta descendente

Título alternativo Utilization of self-expandable prosthesis (Stent) introduced through the femoral artery for treatment of dissection of the descending aorta
Autor Fonseca, José Honório de Almeida Palma da Autor UNIFESP Google Scholar
Buffolo, Enio Autor UNIFESP Google Scholar
Carvalho, Antonio Carlos Autor UNIFESP Google Scholar
Geisthovel, Nikolaus Autor UNIFESP Google Scholar
Almeida, Dirceu Rodrigues de Autor UNIFESP Google Scholar
Souza, José Augusto Marcondes de Autor UNIFESP Google Scholar
Machado, Ivan Paula Autor UNIFESP Google Scholar
Alves, Claudia Maria Rodrigues Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo PURPOSE: We present four cases of dissection of the thoracic descending aorta that underwent treatment with an auto expandable dácron®-covered stent. METHODS: The stent was deployed through the femoral artery in the hemodinamic laboratory after sedation, local anesthesia in both inguinal areas and systemic heparinization. The catheter with the stent was introduced through a cutdown in the left femoral artery until the area in the thoracic aorta with the previously diagnosed tear. RESULTS: The stent was expanded with immediate occlusion of the false lumen. The whole proccedure took 90 minutes and the patients were discharged without complications. CONCLUSION: Stent utilization is an important step to improve treatment results in type B aortic dissection.

OBJETIVO: Apresentar a correção de dissecção da aorta descendente, utilizando stent recoberto com dácron® introduzido através da artéria femoral na sala de hemodinâmica. MÉTODOS: Quatro pacientes foram submetidos à sedação, anestesia local de ambas regiões inguinais e a heparinização sistêmica, com cateter contendo o stent introduzido, através da artéria femoral comum, previamente dissecada, até a aorta descendente no seu terço médio. RESULTADOS: A expansão do stent foi realizada no local onde existia a lesão da íntima, diagnosticada por arteriografia e ecocardiograma. A oclusão da falsa luz foi imediata. O tempo do procedimento foi em média de 1h e 30min. A alta hospitalar ocorreu sem complicações. CONCLUSÃO: Este procedimento poderá proporcionar uma melhora substancial nos resultados do tratamento das dissecções da aorta descendente.
Palavra-chave aorta aneurysm
aorta dissection
stent
aneurisma da aorta
dissecção da aorta
stent
Idioma Português
Data de publicação 1998-06-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Cardiologia. Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC, v. 70, n. 6, p. 389-392, 1998.
ISSN 0066-782X (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC
Extensão 389-392
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0066-782X1998000600002
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0066-782X1998000600002 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/629

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0066-782X1998000600002.pdf
Tamanho: 187.3KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta