Punção com agulha de Veress no hipocôndrio esquerdo para a criação do pneumoperitônio: valor diagnóstico das provas de posicionamento da agulha em pacientes não selecionados

Punção com agulha de Veress no hipocôndrio esquerdo para a criação do pneumoperitônio: valor diagnóstico das provas de posicionamento da agulha em pacientes não selecionados

Título alternativo Veress needle insertion into the left hypochondrium for creation of pneumoperitoneum: diagnostic value of tests to determine the position of the needle in unselected patients
Autor Becker Junior, Otávio Monteiro Google Scholar
Azevedo, João Luiz Moreira Coutinho Autor UNIFESP Google Scholar
Azevedo, Otávio Cansanção Autor UNIFESP Google Scholar
Hypólito, Octávio Henrique Mendes Google Scholar
Miyahira, Susana Abe Autor UNIFESP Google Scholar
Miguel, Gustavo Peixoto Soares Autor UNIFESP Google Scholar
Machado, Afonso Cesar Cabral Guedes Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade Federal do Espirito Santo Departamento de Cirurgia
Resumo Objective: To assess the effectiveness of the Veress needle puncture in the left hypochondrium and the accuracy of the tests described for the intraperitoneal correct positioning of the tip of the Veress needle in an unselected population. Methods: Ninetyone patients consecutively scheduled for Videolaparoscopy had the abdominal wall punctured in the left hypochondrium. There were no exclusion criteria. The patients received general anesthesia and mechanical ventilation according to the protocol. After puncturing five tests were used to confirm the positioning of the needle tip within the peritoneal cavity: aspiration test - AT; resistance to infusion - Pres; recovery of the infused fluid - Prec, dripping test - DT, and test of initial intraperitoneal pressure - IIPP. The test results were compared with results from literature for groups with defined exclusion criteria. The results were used for calculating sensitivity (S) specificity (E), positive predictive value (PPV) and negative predictive value (NPV). Inferential statistical methods were used to analyze the findings. Results: There were 13 failures. AT had E = 100% and NPV 100%. Pres had S = 100%, E = 0; PPV = 85.71%; NPV does not apply. Prec: S = 100%, E = 53.84%, PPV = 92.85%, NPV = 100%. DT: S = 100%, E = 61.53%, PPV = 93.97% NPV 100%. In IIPP, S, E, PPV and NPV were 100%. Conclusion: The puncture in the left hypochondrium is effective and the performed tests guide the surgeon regardless of sex, BMI, or previous laparotomy.

OBJETIVO: Verificar a eficiência da punção com agulha de Veress no hipocôndrio esquerdo, a acurácia dos testes descritos para o correto posicionamento intraperitoneal da ponta da agulha de Veress em população não selecionada. MÉTODOS: Noventa e um pacientes, sem quaisquer critérios de exclusão, consecutivamente agendados para procedimentos videolaparoscópicos, tiveram a parede abdominal puncionada no hipocôndrio esquerdo. Os pacientes receberam anestesia geral e ventilação controlada mecânica segundo o protocolo. Após a punção foram utilizadas cinco provas para testar o posicionamento da ponta da agulha no interior da cavidade peritoneal: prova da aspiração - PA, da resistência à infusão - Pres, da recuperação do líquido infundido - Prec, prova do gotejamento - PG, e a prova da pressão intraperitoneal inicial - PPII. Os resultados foram considerados para cálculo da sensibilidade (S) e da especificidade (E) e valores preditivos positivos (VPP) e valores preditivos negativos (VPN). Métodos inferenciais estatísticos foram utilizados na análise dos achados. RESULTADOS: Ocorreram 13 fracassos. A PA teve E=100% e VPN=100%. Pres teve S=100%; E=0; VPP=85,71% VPN= não se aplica. Prec: S=100%; E= 53,84%; VPP= 92,85%; VPN= 100%. PG: S=100%; E= 61,53%; VPP= 93,97% VPN= 100%. Na PPII, a S, E, VPP e VPN foram de 100%. CONCLUSÃO: A punção no hipocôndrio esquerdo é eficiente, as provas realizadas orientam o cirurgião a despeito do gênero, IMC ou operações prévias.
Palavra-chave Pneumoperitoneum, Artificial
Biopsy, Needle
Surgical Procedures, Minimally invasive
Surgical Procedure, Laparoscopy
Adverse effects, Laparoscopy
Pneumoperitônio artificial
Biópsia por agulha
Procedimentos cirúrgicos minimamente invasivos
Laparoscopia
Laparoscopia, Efeitos adversos
Idioma Português
Data de publicação 2011-02-01
Publicado em Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgiões. Colégio Brasileiro de Cirurgiões, v. 38, n. 1, p. 28-34, 2011.
ISSN 0100-6991 (Sherpa/Romeo)
Publicador Colégio Brasileiro de Cirurgiões
Extensão 28-34
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0100-69912011000100006
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0100-69912011000100006 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6269

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0100-69912011000100006.pdf
Tamanho: 151.6KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta