Cerebrospinal fluid syndromes in patients with acute consciousness compromise

Cerebrospinal fluid syndromes in patients with acute consciousness compromise

Título alternativo Síndromes liquóricas em pacientes com comprometimento agudo da consciência
Autor Batista, Marcus Sabry Azar Autor UNIFESP Google Scholar
Neves, Afonso Carlos Autor UNIFESP Google Scholar
Sesso, Ricardo de Castro Cintra Autor UNIFESP Google Scholar
Reis-Filho, João Batista dos Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo We reviewed the laboratorycards of 200 analysis of cerebrospinal fluid (CSF) performed to evaluate acute alterations of consciousness in adult patients attended in a neurological emergency room. 61% were men; the mean age was 46 years. The most common clinical data were infective and neurologic. The CSF was abnormal in 149 (74.5%) patients and the most common syndromes were: compressive (21%), hemorrhagic (11.5%), viral (8.5%), septic (7.5%), moderate hyperglycorrachia (6.5%), hydroelectrolytic disturbances (5.5%). There were some statistically significant correlations between CSF syndromes and clinical data: septic syndrome and fever and meningeal signs, hemorrhagic syndrome and headache and meningeal signs, CSF hydroelectrolytic disturbance syndrome and seizures, severe hyperproteinorrachia and headache, fever, meningeal signs and vomiting, moderate hyperproteinorrachia and age over 65 and male sex. We classified the abnormal results in two groups: 1 - sufficient for an immediate clinical decision; 2 - nonspecific. The former group was found in 27.5% of the patients and in 36.9% of the abnormal CSF results. In patients attending to neurologic emergency rooms with acute alterations of consciousness, the examination of the CSF frequently could contribute to an etiologic diagnosis. It must be performed after a rigorous clinical evaluation of the patient.

Nós revisamos os registros de 200 exames de líquido cefalorraquidiano (LCR) realizados para avaliar alterações agudas da consciência em pacientes adultos atendidos em um pronto-socorro neurológico. 61% eram homens e a idade média era 46 anos. Os dados clínicos mais comuns foram infecciosos e neurológicos. O LCR foi anormal em 149 (74,5%) pacientes e as síndromes mais comuns foram: compressiva (21%), hemorrágica (11,5%), viral (8,5%), séptica (7,5%), hiperglicorraquia moderada (6,5%), distúrbio hidro-eletrolítico (5,5%). Nós classificamos os resultados anormais em dois grupos: 1 - suficientes para uma decisão clínica imediata; 2 - inespecíficos. O primeiro grupo foi encontrado em 27,5% dos pacientes e em 36,9% dos resultados anormais. Houve algumas correlações estatisticamente significantes entre dados clínicos e síndromes liquóricas: síndrome séptica e febre e sinais meníngeos, síndrome hemorrágica e cefaléia e sinais meníngeos, distúrbio hidro-eletrolítico no LCR e convulsões, hiperproteinorraquia acentuada e cefaléia, febre, sinais meníngeos e vômitos, hiperproteinorraquia moderada e idade acima de 65 anos e sexo masculino. Em pacientes atendidos em pronto-socorro neurológico com alterações agudas da consciência, o exame do LCR frequentemente pode contribuir para um diagnóstico etiológico. Deve ser solicitado após rigorosa avaliação clínica do paciente.
Palavra-chave cerebrospinal fluid
consciousness
emergency room
líquor
consciência
emergência
Idioma Inglês
Data de publicação 1998-06-01
Publicado em Arquivos de Neuro-Psiquiatria. Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO, v. 56, n. 2, p. 184-187, 1998.
ISSN 0004-282X (Sherpa/Romeo)
Publicador Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO
Extensão 184-187
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X1998000200003
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-282X1998000200003 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/624

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-282X1998000200003.pdf
Tamanho: 39.74KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta