Professores de matemática em atividade de ensino: contribuições da perspectiva histórico-cultural para a formação docente

Professores de matemática em atividade de ensino: contribuições da perspectiva histórico-cultural para a formação docente

Título alternativo The teaching activity of mathematics teachers: contributions of the cultural-historical perspective for teachers training
Autor Moretti, Vanessa Dias Autor UNIFESP Google Scholar
Moura, Manoel Oriosvaldo De Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade de São Paulo (USP)
Resumo The research described investigated the process of the training of teachers within a teaching activity, while collectively elaborating on trigger-learning situations. The proposal was for continual formation of teachers, based in historic-cultural theory and the theory of Activity, supported by the concepts of work and activity. In the comparative analysis of the teaching proposals and the socialization process, we sought evidence that would reveal the changes in the movement of the organization of the teachers' actions. The results show that in a collective (re)organization of their actions the teachers attributed new understandings to their own actions, to the mediation and to the choice of tools, appropriating for themselves the collaborative forms of the teaching activity. In this formation process, the new practices of the teachers were mediated into the pedagogical praxis that strengthens the meaning of collective as a knowledge production space.

O artigo apresenta uma pesquisa de doutorado que investigou o processo de formação de professores de matemática em atividade de ensino, ao elaborarem coletivamente situações desencadeadoras de aprendizagem. Fundamentando-se na teoria histórico-cultural e na Teoria da Atividade, elaborou-se uma proposta de formação continuada de professores, ancorada nos conceitos de trabalho e atividade, que se constituiu no campo empírico da investigação. Na análise comparativa dos dados provenientes de elaborações coletivas e socializações das propostas de ensino, buscaram-se evidências que revelassem mudanças no movimento de organização das ações dos professores. Os resultados evidenciam que, na (re)organização coletiva de suas ações, os professores atribuíram novos sentidos às próprias ações, à mediação e à escolha de instrumentos, apropriando-se das formas de realização colaborativa da atividade de ensino. Nesse percurso de formação, o novo fazer dos professores constituiu-se, de forma mediada, na práxis pedagógica, o que corrobora o coletivo como espaço de produção de conhecimento.
Palavra-chave Teacher education
Mathematics teacher
Theory of Activity
Teaching activity
Cultural-historical theory
Formação de professores
Professores de matemática
Teoria da Atividade
Atividade de ensino
Teoria histórico-cultural
Idioma Português
Data de publicação 2011-01-01
Publicado em Ciência & Educação (Bauru). Programa de Pós-Graduação em Educação para a Ciência, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências, campus de Bauru., v. 17, n. 2, p. 435-450, 2011.
ISSN 1516-7313 (Sherpa/Romeo)
Publicador Programa de Pós-Graduação em Educação para a Ciência, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências, campus de Bauru.
Extensão 435-450
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1516-73132011000200012
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1516-73132011000200012 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6202

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1516-73132011000200012.pdf
Tamanho: 154.5KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta