Antimicrobial effect of two endodontic medicaments with different exposure times, and the morphologic alterations caused to Enterococcus faecalis

Antimicrobial effect of two endodontic medicaments with different exposure times, and the morphologic alterations caused to Enterococcus faecalis

Título alternativo Efeito antimicrobiano de dois medicamentos endodônticos com diferentes exposições, e as alterações morfológicas causadas a Enterococcus faecalis
Autor Machado, Manoel Eduardo De Lima Google Scholar
Martins, Guilherme Henrique Rosa Google Scholar
Carreira, Karine Google Scholar
Peixoto, Karina Tramontina Google Scholar
Nabeshima, Cleber Keiti Google Scholar
Gales, Ana Cristina Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição University of São Paulo School of Dentistry Department of Restorative Dentistry
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo PURPOSE: The aim of this study was to verify the antimicrobial effect of calcium hydroxide and iodoform on Enterococcus faecalis with different exposure times evaluating the bacterial morphologic alterations. METHODS: The antibacterial action was investigated in culture broth after zero, seven, fourteen and twenty-one days. Five mL samples were analyzed morphologically on the seventh day by transmission electron microscopy. The data of the antibacterial test were analyzed by Fisher's exact test. RESULTS: The results revealed that between the seventh and fourteenth day, there was a decrease in bacterial growth with both medicaments (P=0.098), where they were eliminated between the fourteenth and twenty-first day. Transmission electronic microscopy showed alterations in the morphologic structures. CONCLUSION: It concluded that both medicaments kill Enterococcus faecalis, with an exposure time of 7 to 14 days, where no cell viability is seen after this period due to irreversible alterations in bacterial cell morphology.

OBJETIVO: O presente estudo verificou o efeito antibacteriano do hidróxido de cálcio e do iodofórmio em Enterococcus faecalis com diferentes tempos de exposição, avaliando as alterações morfológicas bacteriana. MÉTODOS: A ação antibacteriana foi investigada através de caldo de cultura após zero, sete, 14 e 21 dias, e assim, 5 mL das amostras do sétimo dia foram analisadas morfologicamente por microscopia eletrônica de transmissão. Os dados da ação antibacteriana em caldo foram analisados pelo teste Exato de Fisher. RESULTADOS: Os resultados revelaram que entre o 7º e o 14º dia houve diminuição do crescimento bacteriano com ambos os medicamentos (P=0,098), onde a eliminação bacteriana ocorreu entre o 14º e 21º dia. A microscopia eletrônica de transmissão apresentou alterações na estutura morfolófica bacteriana. CONCLUSÃO: Pode-se concluir que ambos os medicamentos destroem o Enterococcus faecalis com tempo de exposição de 7 a 14 dias, onde a viabilidade celular não é observada após este período devido alterações irreversíveis na morfologia celular bacteriana.
Palavra-chave Calcium hydroxide
Enterococcus faecalis
iodoform
Hidróxido de cálcio
Enterococcus faecalis
iodofórmio
Idioma Inglês
Data de publicação 2011-01-01
Publicado em Revista Odonto Ciência. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, v. 26, n. 4, p. 336-340, 2011.
ISSN 1980-6523 (Sherpa/Romeo)
Publicador Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Extensão 336-340
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1980-65232011000400011
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1980-65232011000400011 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6192

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1980-65232011000400011.pdf
Tamanho: 523.5KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta