Functional Assessment of Cancer Therapy-Brain questionnaire: translation and linguistic adaptation to Brazilian Portuguese

Functional Assessment of Cancer Therapy-Brain questionnaire: translation and linguistic adaptation to Brazilian Portuguese

Título alternativo Questionário Functional Assessment of Cancer Therapy-Brain: tradução e adaptação linguística para o português do Brasil
Autor Gazzotti, Mariana Rodrigues Autor UNIFESP Google Scholar
Alith, Marcela Batan Google Scholar
Malheiros, Suzana Maria Fleury Autor UNIFESP Google Scholar
Vidotto, Milena Carlos Autor UNIFESP Google Scholar
Jardim, José Roberto Autor UNIFESP Google Scholar
Nascimento, Oliver Augusto Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Lar Escola São Francisco
Resumo CONTEXT AND OBJECTIVE: Quality of life assessment among patients with brain tumors is important, given that new treatments have increased patient survival. The aim of this study was to translate the Functional Assessment of Cancer Therapy-Brain (FACT-Br) questionnaire (version 4) into Portuguese, carry out cross-cultural adaptation and assess its reproducibility. DESIGN AND SETTING: Cohort at the Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). METHODS: Forty patients with a brain tumor seen at the neuro-oncology outpatient clinic participated in the study. The process of translation and back-translation was carried out, along with adaptation to the Portuguese language and Brazilian culture. The intraclass correlation coefficient (ICC) was used to test the reproducibility of the FACT-Br (version 4). RESULTS: The reproducibility of the questionnaire was excellent (ICC = 0.95; 95% confidence interval, CI: 0.89-0.97). The ICC with a mean interval of 15 days between applications of the questionnaire was very good in all domains (ICC = 0.87 to 0.95). The mean time taken to answer the questionnaire was 6.27 ± 2.26 minutes, ranging from 3 to 11 minutes. CONCLUSION: The translated version of the FACT-Br questionnaire (version 4) adapted to the Portuguese language and Brazilian culture proved to be easily understood and achieved very good reproducibility among patients with diagnoses of brain tumors.

CONTEXTO E OBJETIVOS: A avaliação da qualidade de vida dos pacientes com tumor cerebral é importante, considerando que novos tratamentos têm aumentado sua sobrevida. O objetivo deste trabalho foi traduzir o questionário Functional Assessment of Cancer Therapy-Brain (FACT-Br) (versão 4) para a língua portuguesa, realizar a adaptação cultural e avaliar sua reprodutibilidade. DESIGN E LOCAL: Estudo de coorte realizado na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). MÉTODO: Quarenta pacientes com tumor cerebral provenientes do Ambulatório de Neuro-oncologia participaram do estudo. O processo de tradução inicial e retrógrada foi realizado, além da adaptação cultural para a língua e cultura brasileira. O coeficiente de correlação intraclasse (CCI) foi utilizado para testar a reprodutibilidade do FACT-Br (versão 4). RESULTADOS: A reprodutibilidade do questionário foi excelente (CCI = 0,95; intervalo de confiança, IC 95% 0,89-0,97). O CCI com intervalo médio de 15 dias entre aplicações do questionário, em todos os domínios, foi muito bom (CCI = 0,87 a 0,95). O tempo médio de resposta ao questionário foi de 6,27 minutos ± 2,26 minutos, variando de 3 minutos a 11 minutos. CONCLUSÃO: A tradução e a adaptação à língua e à cultura brasileira do questionário FACT-Br (versão 4) mostrou-se de fácil entendimento e com muito boa reprodutibilidade em pacientes com diagnóstico de tumor cerebral.
Palavra-chave Quality of life
Translations
Reproducibility of results
Brain neoplasms
Questionnaires
Qualidade de vida
Tradução (produto)
Reprodutibilidade dos testes
Neoplasias encefálicas
Questionários
Idioma Inglês
Financiador Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Data de publicação 2011-01-01
Publicado em GAZZOTTI, Mariana Rodrigues et al . Functional Assessment of Cancer Therapy-Brain questionnaire: translation and linguistic adaptation to Brazilian Portuguese. Sao Paulo Med. J., São Paulo , v. 129, n. 4, p. 230-235, 2011
ISSN 1516-3180 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Associação Paulista de Medicina - APM
Extensão 230-235
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1516-31802011000400006
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000295795700006
SciELO S1516-31802011000400006 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6174

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1516-31802011000400006.pdf
Tamanho: 144.1KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta