Sensibilidade fonológica para rima e aliteração em pré-escolares com transtorno fonológico

Sensibilidade fonológica para rima e aliteração em pré-escolares com transtorno fonológico

Título alternativo Phonological sensitivity to rhyme and alliteration in preschoolers with phonological disorder
Autor Costa, Ranilde Cristiane Cavalcante Autor UNIFESP Google Scholar
Souza, Thaís Nobre Uchôa Autor UNIFESP Google Scholar
Ávila, Clara Regina Brandão de Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade de Ciências da Saúde de Alagoas Faculdade de Fonoaudiologia de Alagoas
Resumo PURPOSE: To characterize the performance of a group of preschool children with phonological disorder in metaphonological tasks of identification and production of rhyme and alliteration. METHODS: Participants were 56 preschool children of both genders, with ages between 4 years and 0 months and 6 years and 11 months, distributed into: Research Group, comprising 28 preschoolers with phonological disorder, and Comparison Group, comprising 28 preschool children with normal speech and no complaints related to oral communication. The following testes were applied: Child Language Test ABFW - Phonology, tasks of identification and product ion of rhymes and alliteration of the Phonological Awareness Test: Instrument of Sequential Assessment - CONFIAS. Data were statistically analyzed. RESULTS: Preschoolers with phonological disorder had worse overall phonological sensitivity performance. In both groups, children had better scores with the segment of alliteration, and there was no difference in performance between the tasks of identification and production. With rhyme segments, preschoolers showed better performance in the identification task, while with alliteration segments they showed better performance in the production task. Rhyme production was the most difficult task, and alliteration production was the easiest. CONCLUSION: Preschoolers with phonological disorder showed worse performance in phonological sensitivity than children with normal speech. However, both groups showed better performance with the alliteration segment, and showed no differences between identification and production tasks.

OBJETIVO: Caracterizar o desempenho de um grupo de pré-escolares com transtorno fonológico em tarefas metafonológicas de identificação e produção dos segmentos de rima e aliteração fonológica. MÉTODOS: Participaram 56 pré-escolares de ambos os gêneros, na faixa etária entre 4 e 6 anos de idade, distribuídos em: Grupo Pesquisa, composto por 28 pré-escolares com Transtorno Fonológico; e Grupo de Comparação, composto por 28 pré-escolares com fala normal e sem quaisquer queixas relacionadas à comunicação oral. Foram aplicados: Teste de Linguagem Infantil ABFW - Fonologia; tarefas de identificação e produção de rimas e aliterações, contidas no Teste de Consciência Fonológica: Instrumento de Avaliação Sequencial - CONFIAS. Os dados foram analisados estatisticamente. RESULTADOS: Os pré-escolares com transtorno fonológico mostraram pior desempenho geral de sensibilidade fonológica. Em ambos os grupos, os pré-escolares tiveram mais acertos com o segmento de aliteração e não houve diferença de desempenho entre as tarefas de identificação e produção. No segmento de rima, os pré-escolares apresentaram melhor desempenho na tarefa de identificação. Já no segmento de aliteração, apresentaram melhor desempenho de produção. A produção de rima foi a tarefa mais difícil e a produção de aliteração foi a tarefa mais fácil. CONCLUSÃO: Pré-escolares com transtorno fonológico têm pior desempenho em sensibilidade fonológica do que crianças com fala normal. No entanto, ambos os grupos apresentam melhor desempenho com o segmento de aliteração e não possuem diferenças entre tarefas de identificação e produção.
Palavra-chave Speech disorders
Child
preschool
Articulation disorders
Language disorders
Child language
Distúrbios da fala
Pré-escolar
Transtornos da articulação
Transtornos da linguagem
Linguagem infantil
Idioma Português
Data de publicação 2011-01-01
Publicado em Jornal da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia. Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, v. 23, n. 2, p. 129-134, 2011.
ISSN 2179-6491 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia
Extensão 129-134
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S2179-64912011000200009
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S2179-64912011000200009 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6152

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S2179-64912011000200009.pdf
Tamanho: 166.3KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta