Immunohistochemical analysis of collagen content and types in the rectus abdominis muscle of cadavers of different ages

Immunohistochemical analysis of collagen content and types in the rectus abdominis muscle of cadavers of different ages

Título alternativo Imunohistoquímica do colágeno no músculo reto do abdome de cadáveres de diferentes grupos etários
Autor Calvi, Eliziane Nitz de Carvalho Autor UNIFESP Google Scholar
Nahas, Fabio Xerfan Autor UNIFESP Google Scholar
Barbosa, Marcus Vinicius Autor UNIFESP Google Scholar
Ihara, Silvia Saiuli Miki Autor UNIFESP Google Scholar
Calil, José Augusto Google Scholar
Ferreira, Lydia Masako Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição UNINOVE Department of Physical Therapy
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo PURPOSE: To assess the collagen content and types in the rectus abdominis muscle of cadavers of different ages. METHODS: Forty fresh adult male cadavers, at room temperature, were obtained from the Institute of Legal Medicine of Franca and dissected within 24 hours of death. The cadavers were divided into two groups: Group A (n=20), 18 to 30 years of age, and Group B (n=20), 31 to 60 years of age. Bilateral incisions were made in the middle portion of anterior rectus sheath 3 cm superiorly and 2 cm inferiorly to the umbilicus and four fragments of the rectus abdominis muscle were dissected. The samples were fixed in 10% buffered formalin and sent for immunohistochemical analysis to determine collagen content and types. RESULTS: Immunohistochemical results revealed higher amounts of type I and type III collagen in Group A. However, no difference in the amount of type IV collagen was found between the groups. CONCLUSION: The amount of type I and type III collagen was higher in group A.

OBJETIVO: Avaliar o colágeno no músculo reto do abdome em cadáveres de diferentes faixas etárias. MÉTODOS: Foram dissecados 40 cadáveres adultos masculinos, não fixados, com tempo de óbito de até 24 horas, em temperatura ambiente, provenientes do Instituto Médico-Legal de Franca (SP - Brasil). Os cadáveres foram distribuídos em dois grupos: GRUPO A (n=20) - 18 a 30 anos e GRUPO B (n=20) -31 a 60 anos. Realizou-se incisão na porção mediana da lâmina anterior da bainha do músculo reto a 3 cm superiormente e 2 cm inferiormente ao umbigo em ambos os lados, sendo retirados quatro fragmentos de músculo reto do abdome. Esse material foi conservado em formalina tamponado a 10% e enviado para imuno-histoquímica para determinação do tipo de colágeno. RESULTADOS: Na Imunihistoquímica os colágenos I e III foram estatisticamente maiores no grupo A, porém não houve diferença entre os grupos em relação ao colágeno IV. CONCLUSÃO: A quantidade de colágeno tipo I e III foi maior no grupo A.
Palavra-chave Collagen
Rectus Abdominis
Age Groups
Cadaver
Colágeno
Reto do Abdome
Grupos Etários
Cadáver
Idioma Inglês
Data de publicação 2011-01-01
Publicado em Acta Cirurgica Brasileira. Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia, v. 26, p. 3-7, 2011.
ISSN 0102-8650 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia
Extensão 3-7
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0102-86502011000800002
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000297572000002
SciELO S0102-86502011000800002 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6135

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0102-86502011000800002.pdf
Tamanho: 495.9KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta