Preditividade das sentenças do protocolo de avaliação da inteligibilidade de fala nas disartrias

Preditividade das sentenças do protocolo de avaliação da inteligibilidade de fala nas disartrias

Título alternativo Predictability of sentences used in the assessment of speech intelligibility in dysarthria
Autor Alexandre, Erika Autor UNIFESP Google Scholar
Barreto, Simone Dos Santos Google Scholar
Ortiz, Karin Zazo Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade Federal Fluminense Departamento de Formação Específica
Resumo PURPOSE: To analyze the predictability of sentences used in the protocol for the assessment of intelligibility of dysarthric speech. METHODS: A cross-sectional study was conducted in 120 volunteers divided randomly into four groups of 30 individuals.Based on the list of 25 sentences from the protocol, four versions of lists were elaborated. In each version, a different target word was omitted from the sentences. Each group of participants completed a different list version by graphically filling in the blanks with the first word that came to mind, while keeping the sentences coherent. Statistical analyses were carried out to classify sentences according to their predictability, to compare predictability of the words in each sentence, and to compare the different list versions. RESULTS: Three sentences presented high predictability; seven, average predictability; and fifteen, low predictability. Differences in the predictability of target words were found in 84% of the sentences (p<;0.0054). The comparison of list versions revealed that version 1 differed from the others (p<;0.002), and was less predictable. CONCLUSION: Low predictability sentences predominated in the protocol for assessment of speech intelligibility used in this study, suggesting that these sentences can be used reliably for assessing intelligibility. Analysis of intelligibility in sentences based on target words can be used in clinical practice, especially when the predictability of the sentences is known.

OBJETIVO: Analisar a preditividade das sentenças utilizadas no protocolo de avaliação da inteligibilidade da fala nas disartrias. MÉTODOS: Foi realizado um estudo transversal com 120 voluntários divididos, aleatoriamente, em quatro grupos de 30 indivíduos. A partir da lista de 25 frases do protocolo, foram elaboradas quatro versões de listas. Em cada uma delas, uma palavra-alvo diferente foi omitida das sentenças. Cada grupo de participantes completou uma versão da lista preenchendo graficamente as lacunas com a primeira palavra que lhes viesse à mente, de modo que cada sentença ficasse coerente. Foram realizadas análises estatísticas para classificar as frases quanto a sua preditividade, comparar a preditividade das palavras em cada sentença e comparar as versões da lista. RESULTADOS: Três sentenças apresentaram alta preditividade; sete, média preditividade; e 15, baixa preditividade. Foram encontradas diferenças de preditividade entre as palavras-alvo em 84% das frases (p<;0,0054). Comparando as versões da lista, constatou-se que a versão 1 diferiu das demais (p<;0,002), mostrando-se menos previsível. CONCLUSÃO: No protocolo de avaliação da inteligibilidade da fala empregado neste estudo há predomínio de sentenças de baixa preditividade, sugerindo que estas podem ser empregadas de maneira confiável na avaliação da inteligibilidade. A análise da inteligibilidade em sentenças por palavras-alvo deve ser usada clinicamente, especialmente quando se conhece a preditividade das sentenças.
Palavra-chave Speech intelligibility
Speech perception
Speech
Speech disorders
Dysarthria
Speech pathology
Inteligibilidade da fala
Percepção da fala
Fala
Distúrbios da fala
Disartria
Fonoaudiologia
Idioma Português
Financiador Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Data de publicação 2011-01-01
Publicado em Jornal da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia. Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, v. 23, n. 2, p. 119-123, 2011.
ISSN 2179-6491 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia
Extensão 119-123
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S2179-64912011000200007
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S2179-64912011000200007 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6117

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S2179-64912011000200007.pdf
Tamanho: 165.7KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta