Censo Brasileiro de Diálise, 2009

Censo Brasileiro de Diálise, 2009

Título alternativo Brazilian Dialysis Census, 2009
Autor Sesso, Ricardo de Castro Cintra Autor UNIFESP Google Scholar
Lopes, Antonio Alberto Google Scholar
Thomé, Fernando Saldanha Google Scholar
Lugon, Jocemir Ronaldo Google Scholar
Burdmann, Emmanuel A Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade Federal da Bahia Faculdade de Medicina da Bahia Departamento de Medicina
Universidade Federal do Rio Grande do Sul Faculdade de Medicina Departamento de Medicina Interna
Universidade Federal Fluminense Faculdade de Medicina Departamento de Medicina Clínica
Universidade de São Paulo (USP)
Resumo INTRODUCTION: National dialysis data are fundamental for treatment planning. OBJECTIVE: To report data of the annual survey of the Brazilian Society of Nephrology about chronic renal failure patients on dialysis in January 2009. METHODS: A survey based on data of dialysis units from the whole country. The data collection was performed by using a questionnaire filled out by the dialysis units in Brazil. RESULTS: 427 (69.8%) of the dialysis units in the country answered the questionnaire. National data were estimated for the overall dialysis population. In January 2009, the total estimated number of patients on dialysis was 77,589. The estimated prevalence and incidence rates of chronic renal failure on maintenance dialysis were 405 and 144 patients per million population, respectively. The estimated number of new patients starting dialysis program in 2009 was 27,612. The annual gross mortality rate was 17.1%. For prevalent patients, 39.9% were aged 60 years or older, 89.6% were on hemodialysis and 10.4% on peritoneal dialysis, 30,419 (39.2%) were on a waiting list of renal transplant, 27% were diabetics, 37.9% had serum phosphorus > 5.5 mg/dL and 42.8% hemoglobin < 11 g/dL. A venous catheter was the vascular access for 12.4% of the hemodialysis patients. CONCLUSIONS: The prevalence of chronic renal failure on maintenance dialysis is increasing in Brazil, although in 2009 the estimate is lower than in 2008. The data call attention to indicators of the quality of maintenance dialysis that need to be improved and highlight the importance of the census to guide chronic dialysis therapy.

INTRODUÇÃO: Dados nacionais sobre diálise crônica são fundamentais para o planejamento do tratamento. OBJETIVO: Apresentar dados do censo anual da SBN sobre os pacientes com doença renal crônica em diálise de manutenção a 1º de janeiro de 2009. MÉTODOS: Levantamento de dados de unidades de diálise de todo o país. A coleta de dados foi feita utilizando questionário preenchido pelas unidades de diálise do Brasil cadastradas na SBN. RESULTADOS: Das unidades consultadas, 437 (69,8%) responderam ao censo. Em janeiro de 2009, o número estimado de pacientes em diálise foi de 77.589. As estimativas das taxas de prevalência e de incidência de insuficiência renal crônica em tratamento dialítico foram de 405 e 144 pacientes por milhão da população, respectivamente. O número estimado de pacientes que iniciaram tratamento em 2009 foi de 27.612. A taxa anual de mortalidade bruta foi de 17,1%. Dos pacientes prevalentes, 39,9% tinham idade > 60 anos, 89,6% estavam em hemodiálise e 10,4% em diálise peritoneal, 30.419 (39,2%) estavam em fila de espera para transplante, 27% eram diabéticos, 37,9% tinham fósforo sérico > 5,5 mg/dL e 42,8% hemoglobina < 11 g/dL. Cateter venoso foi usado como acesso vascular em 12,4% dos pacientes em hemodiálise. CONCLUSÕES: A prevalência de pacientes em diálise tem apresentado aumento progressivo embora em 2009 as estimativas sejam inferiores às de 2008. Os dados chamam atenção para indicadores da qualidade diálise de manutenção que necessitam ser melhorados. E destacam a importância do censo anual para o planejamento da assistência dialítica.
Palavra-chave dialysis
chronic kidney failure
census data
Brazil
censos
Brasil
diálise
insuficiência renal crônica
Idioma Português
Data de publicação 2010-12-01
Publicado em Jornal Brasileiro de Nefrologia. Sociedade Brasileira de Nefrologia, v. 32, n. 4, p. 380-384, 2010.
ISSN 0101-2800 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Nefrologia
Extensão 380-384
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0101-28002010000400007
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0101-28002010000400007 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6107

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0101-28002010000400007.pdf
Tamanho: 118.1KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta