Amamentação ao seio, amamentação com leite de vaca e o diabetes mellitus tipo 1: examinando as evidências

Amamentação ao seio, amamentação com leite de vaca e o diabetes mellitus tipo 1: examinando as evidências

Título alternativo Breast- feeding, bottle- feeding and the type 1 diabetes mellitus: examining the evidences
Autor Gimeno, Suely Godoy Agostinho Autor UNIFESP Google Scholar
Souza, José Maria Pacheco De Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade de São Paulo (USP)
Resumo The aetiology of type 1 diabetes mellitus (DM1) includes genetic heritage and environmental exposure. Evidence from animal and epidemiological studies suggests that some diet components may play a role in the aetiology of DM1. In 1984, Borch-Johnsen et al. suggested, based on a case-control study, that breast-feeding was a protective factor for DM1, probably due its anti-infectious properties or because breast-feeding delays exposure to other etiologic agents in the diet. Afterwards, the same results were found in several studies but the role of breast milk in the development of DM1, is still subject to controversy. In 1992, Karjalainen et al., compared the blood serum of subjects with and without DM1 and they observed a higher concentration of anti-bovine albumin antibodies among diabetic subjects. The authors suggested that bovine albumin could act as a trigger of the destructive process of the pancreas and, in this way, lead to diabetes; discordant results have been observed in the literature since then. In this paper, we summarise and discuss the results found in different studies on dietary factors and DM1.

A etiologia do diabetes mellitus tipo 1 (DM1) envolve tanto herança genética como a exposição a fatores ambientais. Evidências de estudos epidemiológicos e experimentais sugerem que a dieta pode ser importante na etiopatogenia dessa doença. Em 1984, Borch-Johnsen e col. sugeriram, com base nos resultados de um estudo caso-controle, que o leite materno seria um fator de proteção para o DM1; esse efeito se daria devido às propriedades anti-infecciosas desse tipo de leite, ou pelo fato de que a amamentação ao seio evitaria que as crianças pudessem ser precocemente expostas a outros agentes etiológicos contidos nos substitutos do leite materno. Esses mesmos achados foram poste-riormente encontrados em diversos estudos, mas o papel do leite materno no aparecimento do DM1 ainda permanece controverso. Em 1992, Karjalainen e col., ao compararem os soros de indivíduos com e sem DM1, observaram, entre os diabéticos, altas concentrações de anticorpos anti-albumina bovina. Os autores postularam a hipótese de que a albumina bovina poderia atuar como desencadeadora do processo destrutivo das células ß do pâncreas e, conseqüentemente, do diabetes. Resultados conflitantes foram observados nas publicações que se sucederam a essa. Neste artigo, resumem-se e discutem-se os achados de diferentes pesquisadores que investigaram a importância desses fatores dietéticos para o aparecimento do DM1.
Palavra-chave Diabetes mellitus-insulin dependent
Milk
Breast-feeding
Diabetes mellitus, epidemiology
Diabetes mellitus insulino-dependente
Leite
Aleitamento materno
Diabetes mellitus, epidemiologia
Idioma Português
Data de publicação 1998-04-01
Publicado em Revista Brasileira de Epidemiologia. Associação Brasileira de Saúde Coletiva, v. 1, n. 1, p. 4-13, 1998.
ISSN 1415-790X (Sherpa/Romeo)
Publicador Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Extensão 4-13
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1415-790X1998000100002
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1415-790X1998000100002 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/609

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1415-790X1998000100002.pdf
Tamanho: 105.1KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta