Peak nasal inspiratory flow: uma possível ferramenta para a motricidade orofacial?

Peak nasal inspiratory flow: uma possível ferramenta para a motricidade orofacial?

Título alternativo Peak nasal inspiratory flow: a possible instrument in orofacial myology?
Autor Motta, Andréa Rodrigues Autor UNIFESP Google Scholar
Bommarito, Silvana Autor UNIFESP Google Scholar
Chiari, Brasilia Maria Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo The speech-language pathologists that work in the Orofacial Myology field frequently have patients with nasal obstruction; however, the access to the professional responsible for the diagnosis can be difficult at times. The Peak Nasal Inspiratory Flow is a cheap and easy to handle instrument, broadly cited in the international literature, that has the aim to evaluate nasal patency. The aim of this study was to review the current literature regarding the Peak Nasal Inspiratory Flow, enabling considerations about its use in cervical and orofacial myology disorders. The literature review consulted Medline, Cochrane Library, LILACS and SciELO databases, using the keywords: peak, inspiratory, nasal and flow. The results showed that Peak Nasal Inspiratory Flow is a simple, cheap, validated technique with good reproducibility. Thus, it seems to be an useful instrument to be used in nasal patency evaluation, despite some limitations, providing complementary data to orofacial myofunctional diagnosis. However clinical trials are needed to prove this hypothesis.

Os fonoaudiólogos que atuam no campo da Motricidade Orofacial atendem com frequência, pacientes com obstrução nasal; entretanto, nem sempre o acesso ao profissional responsável pelo diagnóstico otorrinolaringológico é fácil. O Peak Nasal Inspiratory Flow é um instrumento barato, de fácil manuseio, amplamente citado na literatura internacional, que tem por objetivo avaliar a patência nasal. O objetivo do presente estudo foi realizar uma revisão da literatura acerca do Peak Nasal Inspiratory Flow, fornecendo subsídios para reflexões acerca de seu emprego nos distúrbios miofuncionais orofaciais e cervicais. Para tanto, foi realizada uma revisão da literatura nas bases de dados Medline, Cochrane Library, LILACS e SciELO empregando-se os descritores peak, inspiratory, nasal e flow. O Peak Nasal Inspiratory Flow mostrou-se uma técnica simples, barata, validada e com boa reprodutibilidade. Parece, portanto, tratar-se de um instrumento útil para avaliação da patência nasal, apesar de algumas limitações, fornecendo dados complementares ao diagnóstico miofuncional orofacial e cervical. Entretanto, estudos clínicos precisam ser conduzidos para que se comprove ou refute a hipótese.
Palavra-chave Diagnostic techniques, respiratory system
Permeability
Nasal obstruction/physiopathology
Mouth breathing
Nasal cavity/physiology
Técnicas de diagnóstico do sistema respiratório
Permeabilidade
Obstrução nasal/fisiopatologia
Respiração bucal
Cavidade nasal/fisiologia
Idioma Português
Data de publicação 2010-12-01
Publicado em Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia. Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, v. 15, n. 4, p. 609-614, 2010.
ISSN 1516-8034 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia
Extensão 609-614
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1516-80342010000400023
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1516-80342010000400023 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6084

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1516-80342010000400023.pdf
Tamanho: 285.9KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta