Percepção de fala em idosos: análise dos erros

Percepção de fala em idosos: análise dos erros

Título alternativo Speech perception in the elderly: errors analysis
Autor Calais, Lucila Leal Autor UNIFESP Google Scholar
Russo, Iêda Chaves Pacheco Google Scholar
Borges, Alda Christina Lopes de Carvalho Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Departamento de Clínica Fonoaudiológica
Resumo OBJECTIVE: To analyze the errors made in a speech test in the presence of background noise for the elderly. METHOD: We performed a retrospective study with data collected from medical records of 55 elderly patients divided into control group (CG) and study group (SG), considering the tests Percentage Index of Speech Recognition (PISR) and Speech in Noise (S/R). RESULT: articulatory exchanges were more frequent test in the SG and in the /R test. Overall, there were more omissions of phonemes in initial position (/p/ and /b/) and final (/s/) of words, especially with the noise. There were omissions of words only in the SG. The words more exchanged in the CG were rir, dil, lhe, faz and rol, and in the SG, rir, dil, lhe, faz, pus and rol. CONCLUSION: the presence of normal pure tone thresholds did not prevent errors that occur in speech recognition and noise interfered negatively in this recognition, especially in the elderly with hearing loss. The phonemes / p /, / b / and / s / were most frequently omitted, especially in the presence of noise. The words rir, dil, lhe, faz and rol were the most confused in the groups, mainly in the presence of noise.

OBJETIVO: analisar os erros apresentados em um teste de fala na presença de ruído competitivo de idosos. MÉTODO: foi realizado estudo retrospectivo com levantamento de dados de prontuário de 55 idosos divididos em grupo controle (GC) e grupo estudo (GE), considerando os testes Índice Percentual de Reconhecimento de Fala (IPRF) e Fala com Ruído (F/R). RESULTADO: as trocas articulatórias foram mais frequentes no GE e no teste F/R. De maneira geral, ocorreram mais omissões de fonemas na posição inicial (/p/ e /b/) e final (/s/) dos vocábulos, principalmente com o ruído. Houve omissões de vocábulos somente no GE. Os vocábulos mais trocados no GC foram rir , dil , lhe , faze rol , e no GE, rir , dil , lhe , faz , pue rol . CONCLUSÃO: a presença de limiares tonais normais não impediu que ocorressem erros no reconhecimento de fala e o ruído interferiu negativamente neste reconhecimento, principalmente no idoso com perda auditiva. Os fonemas /p/, /b/ e /s/ foram os mais frequentemente omitidos, principalmente na presença do ruído competitivo. Os vocábulos rir , dil , lhe , faze rolforam os mais trocados para os grupos avaliados, sobretudo na presença do ruído.
Assunto Aged
Auditory perception
Speech discrimination tests
Presbyacusis
Idoso
Percepção Auditiva
Testes de Discriminação da Fala
Presbiacusia
Idioma Português
Data 2010-12-01
Publicado em Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia. Universidade do Estado do Rio Janeiro, v. 13, n. 3, p. 445-460, 2010.
ISSN 1809-9823 (Sherpa/Romeo)
Editor Universidade do Estado do Rio Janeiro
Extensão 445-460
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1809-98232010000300011
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1809-98232010000300011 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6026

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S1809-98232010000300011.pdf
Tamanho: 175.6Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)