Análise morfológica e fisiológica dos fígados e rins de ratas prenhes e seus fetos tratados pela associação zidovudina, lamivudina e ritonavir durante toda a prenhez

Análise morfológica e fisiológica dos fígados e rins de ratas prenhes e seus fetos tratados pela associação zidovudina, lamivudina e ritonavir durante toda a prenhez

Título alternativo Morphological and physiological analysis of livers and kidneys of pregnant rats and their fetuses treated by the association of zidovudine, lamivudine and ritonavir for the whole period of pregnancy
Autor Wagner, Adriana Google Scholar
Carvalho, Adelino Moreira de Google Scholar
Nakamura, Mary Uchiyama Autor UNIFESP Google Scholar
Simões, Ricardo Santos Google Scholar
Fontes, Tereza Maria Pereira Autor UNIFESP Google Scholar
Espiridião, Silvia Autor UNIFESP Google Scholar
Kulay Júnior, Luiz Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade José do Rosário Vellano Departamento de Obstetrícia e Ginecologia
Universidade José do Rosário Vellano Serviço de Clínica Médica
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade de São Paulo (USP)
Universidade Gama Filho Departamento de Ginecologia e Obstetrícia
ABC Faculdade de Medicina Departamento de Obstetrícia e Pediatria
Resumo PURPOSE: to evaluate the effect of administration of three different doses of the zidovudine/lamivudine/ritonavir combination on the liver and kidneys of pregnant rats and their concepts from a morphological and physiological standpoint. METHODS: 40 pregnant EPM-1 Wistar rats were randomly divided into 4 groups: 1 control (Ctrl: drug vehicle control, n=10) and 3 experimental groups: Exp1x, Exp3x and Exp9x. An oral solution of the zidovudine/lamivudine/ritonavir combination was administered to the experimental groups from the day 0 to day 20 of pregnancy: Exp1x=10/5/20 mg/kg; Exp3x=30/15/60 mg/kg; Exp9x=90/45/180 mg/kg. On the 20th pregnancy day the rats were anesthetized and blood was taken directly from the ventricular chambers for further biochemical determinations: aspartate-(AST) and alanine-(ALT) aminotransferases (Calorimetric method), urea nitrogen (BUN) by an enzymatic-kinetic method, and creatinine by a kinetic-calorimetric method. Maternal and fetal liver and kidney samples were taken, fixed in 10% formaldehyde and processed histologically for paraffin embedding. Five µm-thick fragments of maternal and fetal livers and kidneys were stained with hematoxilyn-eosin, being analyzed by light microscopy. To interpret the results, the well-known pattern of normality for livers and kidneys was considered on the basis of the following structures: hepatocytes, portal structure, hepatic veins, renal corpuscles, renal tubules and loop of Henle. Regarding the fetal livers, we also considered the erythrocytes in their different stages of development as well as the megacariocytes. If there was a change in the established staining pattern for liver and kidney structures, changes in nuclear morphology, rupture of some cytoplasmic organelles, and presence of vascular congestion, this was considered to be due to the drug doses. Results were submitted to analysis of variance (ANOVA) and to the Tukey-Kramer multiple comparisons test (p<0.05). RESULTS: no morphological changes were observed in the maternal livers of the Ctrl, Exp1x and Exp3x groups. In the maternal liver of the Exp9x group, hepatocytes showed signs of atrophy and apoptosis (eosinophilic cytoplasm and pycnotic nuclei) and marked sinusoid capillary vasodilation (congestion) was observed. The maternal kidneys of the Ctrl and Exp1x groups were normal, with renal corpuscles, convoluted tubules and typical loops of Henle. In contrast, the Exp3x and Exp9x groups showed vascular congestion and small glomeruli rich in cells containing hyperchromatic nuclei which were more intense in Exp9x. Regarding the fetal organs, no morphological or physiological changes were observed. A significant increase of AST (305.70±55.80, p<0.05) and creatinine (0.50±0.09, p<0.05) was observed in group Exp9x. CONCLUSIONS: our results show that the administration of the zidovudine, lamivudine and ritonavir combination to pregnant rats at high doses caused morphological and physiological changes in the maternal liver and kidneys. On the other hand, there were no changes in fetal organs.

OBJETIVO: avaliar os efeitos da administração da associação zidovudina-lamivudina-ritonavir nos fígados e rins de ratas prenhes e seus conceptos do ponto de vista morfológico e fisiológico. MÉTODOS: 40 ratas albinas prenhes foram aleatoriamente divididas em 4 grupos: 1 controle (Ctrl: controle de veículo) e 3 experimentais (Exp1x, Exp3x e Exp9x). Estes últimos foram tratados por solução oral de zidovudina/lamivudina/ritonavir (Exp1x: 10/5/20 mg/kg; Exp3x: 30/15/60 mg/kg; Exp9x: 90/45/180 mg/kg). As drogas e o veículo foram administrados por gavagem, desde o 1º até o 20º dia de prenhez. No último dia do experimento, todos os animais foram anestesiados e sangue foi retirado da cavidade cardíaca para avaliação sérica das enzimas aspartato aminotransferase (AST) e alanina aminotransferase (ALT), por método calorimétrico, bem como da ureia, determinada por método cinético-enzimático, e creatinina, por método cinético-colorimétrico. Em seguida, fragmentos dos fígados e rins maternos e fetais foram coletados, fixados em formol a 10% e processados segundo os métodos histológicos para inclusão em parafina. Cortes com 5 µm de espessura foram corados pela hematoxilina-eosina (HE) e analisados por microscopia de luz. Na leitura das lâminas, considerou-se o padrão de normalidade para fígado e rins, tais como: hepatócitos, espaço porta íntegros e veias hepáticas bem definidas. Nos rins, a presença de corpúsculos renais, túbulos contorcidos e alças de Henle típicos. Nos fígados fetais considerou-se, ainda, a morfologia das células da linhagem eritrocitária nas diferentes fases do desenvolvimento, bem como os megacariócitos. Quando houve alteração da coloração padrão estabelecida para as estruturas hepáticas e renais, alteração na morfologia de núcleos, rompimento de limites de alguma organela citoplasmática, presença de congestão vascular, tudo isso foi entendido como provavelmente provocado pelas drogas em sua(s) dose(s) de aplicação. A avaliação estatística foi realizada por análise de variância (ANOVA), completada pelo teste de Tukey-Kramer (p<0,05). RESULTADOS: os fígados maternos dos grupos Ctrl, Exp1x e Exp3x mostraram hepatócitos típicos, espaço porta íntegros e veias hepáticas com aspecto normal. No fígado materno do grupo Exp9x, foram encontrados hepatócitos com sinais de atrofia e apoptose (eosinofilia citoplasmática e núcleos picnóticos). Além disso, identificou-se vasodilatação dos capilares sinusoides (congestão). Os rins maternos dos grupos Ctrl e Exp1x apresentaram-se normais, com corpúsculos renais, túbulos contorcidos e alças de Henle típicos. Já nos grupos Exp3x e Exp9x, foram encontrados congestão vascular, glomérulos pequenos ricos em células contendo núcleos hipercromáticos, sendo mais intensos no Exp9x. Com relação aos fígados e rins fetais, não foram observadas alterações morfológicas ou fisiológicas nos grupos estudados. Encontrou-se aumento significante nos níveis da AST (305,70±55,80; p<0,05) e da creatinina (0,50±0,09; p<0,05) no grupo Exp9x. CONCLUSÕES: nossos resultados evidenciam que a administração da associação zidovudina/lamivudina/ritonavir a ratas prenhes em altas doses causa alterações morfológicas e funcionais nos fígados e rins maternos. Não houve alterações nem morfológicas nem fisiológicas nos fígados e rins fetais.
Assunto Zidovudine
Lamivudine
Ritonavir
Kidney
Liver
Antiretrovirals
Rats
Pregnancy, animal
Zidovudina
Lamivudina
Ritonavir
Rim
Fígado
Anti-retrovirais
Ratos
Prenhez
Idioma Português
Data 2010-11-01
Publicado em Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia. Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia, v. 32, n. 11, p. 556-562, 2010.
ISSN 0100-7203 (Sherpa/Romeo)
Editor Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia
Extensão 556-562
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0100-72032010001100007
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0100-72032010001100007 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6010

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0100-72032010001100007.pdf
Tamanho: 750.4Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)