Efeito do treinamento físico de natação nos ratos espontaneamente hipertensos (SHR) antes, durante e após o desenvolvimento da Hipertensão Arterial

Efeito do treinamento físico de natação nos ratos espontaneamente hipertensos (SHR) antes, durante e após o desenvolvimento da Hipertensão Arterial

Author Garcia, Maureen Gabriela Pena Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Landman, Maria Teresa Riggio De Lima Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Farmacologia
Abstract Hypertension is a disease of high prevalence and mortality in the world. Changes in the sympathetic nervous system (SNS) and cellular calcium homeostasis are present in hypertension. In addition, a link was also established between increased SNS activity and inflammation in the pathophysiology of hypertension. The physical training (PT) originates a series of physiological adaptations that influence the cardiovascular system; this physical training is used in hypertensive patients, as non-medicated treatment for the control of blood pressure (BP). The aim of the present study was to study the effect of swimming on sympathetic neurotransmission and cellular calcium homeostasis in chromaffin cells of the adrenal gland (CCA), vas deferens (VD), retroperitoneal adipose tissue and concentration in serum of C reactive protein (CRP) in spontaneously hypertensive rats (SHR) before, during and after development of hypertension. Using normotensive animals (NWR) and SHR aged 8-12-20 weeks divided into three groups: sedentary NWR (NWR-Sed), sedentary SHR (SHR-Sed) and trained SHR (SHR-Tre). We evaluated the effect of swimming in: 1) arterial pressure and heart mass, 2) secretion of catecholamines by CCA and VD. 3) participation of calcium channel dependent voltage (CCDV), in pharmacological and neurogenic contraction and cellular calcium homeostasis, 4) concentrations of calcium present in the intracellular stores of the endo/sarcoplasmic reticulum (RE/RS) and mitochondria (MIT), VD and CCA, 5) retroperitoneal fat amount, 6) serum concentration of C reactive protein (CRP). Compared to SHR-Sed, SHR-Tre: 1) prevented BP increase, and increased heart mass. 2) decreased basal [Ca2+]i and after stimulation with ACh in CCA, 3) decreased catecholamine secretion when CCA were stimulated with Bay K-8644 with CRT and CCCP. 4) reduced twitch neurogenic contraction in the presence of Bay K-8644, CRT and CCCP. 5) reduced the responses of α1 and P2X1 in DD. 6) decreased retroperitoneal fat, and 7) reduced the serum concentration of CRP in all groups of trained animals. Based on the above results we can conclude that the training was able to attenuate the increase in blood pressure and remodeling of the heart mass in SHR-Tre animals. In addition, it produced a reduction of the sympathetic nerve activity evidenced by the reduction of [Ca2+]i, which may have led to a decrease in catecholamine secretion and a decrease in neurogenic contractions, reduced the amount of retroperitoneal fat and CRP concentrations. These data suggest the effectiveness of physical training in preventing the establishment of arterial hypertension as well as its underlying effects in our animal model and reinforce the indication of physical activity as a participant in non-drug treatment of arterial hypertension.

A Hipertensão arterial (HA) é uma doença de alta prevalência e mortalidade no mundo. Alterações no sistema nervoso simpático (SNS) e na homeostase celular de cálcio estão presentes na HA. Além disso, foi também estabelecido um vínculo entre o aumento da atividade do SNS e inflamação na fisiopatologia da HA. O treinamento físico (TF) origina uma serie de adaptações fisiológicas que influenciam o sistema cardiovascular, ele é usado em pacientes hipertensos, como tratamento não medicamentoso para o controle da pressão arterial (PA). Assim, o objetivo do presente trabalho foi estudar o efeito da natação na neurotransmissão simpática e na homeostase celular de cálcio em células cromafins da glândula adrenal (CCA), do ducto deferente (DD), no tecido adiposo retroperitoneal e na concentração sérica de proteína C reativa (PCR) em ratos espontaneamente hipertensos (SHR) antes, durante e após o desenvolvimento da HA. Usando animais normotensos (NWR) e SHR com idades de 8-12-20 semanas divididos em três grupos NWR sedentários (NWR-Sed), SHR sedentários (SHR-Sed) e SHR treinados (SHR-Tre), avaliamos o efeito da natação na: 1) pressão arterial e massa cardíaca, 2) secreção de catecolaminas pelas CCA e pelo DD. 3) participação dos canais de cálcio voltagem dependente (CCVD), na contração farmacológica e neurogênica e na homeostase celular de cálcio, 4) concentrações de cálcio presentes nos estoques intracelulares do retículo endo/sarcoplasmático (RE/RS) e nas mitocôndrias (MIT), nos DD e nas CCA, 5) quantidade de gordura retroperitoneal, 6) concentração sérica de proteína C reativa (PCR). Em comparação com os SHR-Sed, os SHR-Tre: 1) impediram o aumento da PA, aumentaram a massa cardíaca. 2) diminuíram a [Ca2+]i basal e após estimulo com ACh nas CCA, 3) diminuíram a secreção de catecolaminas quando as CCA foram estimuladas com Bay K-8644, com CRT e CCCP. 4) reduziram a contração neurogênica tipo twich na presença de Bay K-8644, CRT e CCCP. 5) reduziram as respostas dos α1 e P2X1 nos DD. 6) diminuíram a gordura retroperitoneal, e 7) reduziram a concentração sérica de PCR em todos os grupos de animais treinados. Baseado nos resultados acima podemos concluir que o treinamento foi capaz de atenuar o aumento da pressão arterial e o remodelamento da massa cardíaca nos animais SHR-Tre. Além disso, produziu uma redução da atividade nervosa simpática evidenciada pela redução das [Ca+2]i, que pode ter levado à diminuição da secreção de catecolaminas e diminuição das contrações neurogênicas, reduziu a quantidade de gordura retroperitoneal e as concentrações de PCR. Esses dados sugerem a efetividade do treinamento físico na prevenção do estabelecimento da hipertensão arterial bem como de seus efeitos subjacentes, em nosso modelo animal e reforçam a indicação da atividade física como participante do tratamento não medicamentoso da hipertensão arterial.
Keywords Hypertension
Sympathetic Neurotransmission
Calcium Homeostasis
Voltage-Dependent Calcium Channels
Endo / Sarcoplasmic Reticulum
Mitochondria
Physical Swimming Training
Hipertensão
Neurotransmissão Simpática
Homeostase De Cálcio
Canais De Cálcio Voltagem Dependentes
Retículo Endo/Sarcoplasmático
Mitocôndria
Treinamento Físico De Natação
Language Portuguese
Date 2019-06-27
Research area Produtos Naturais, Desenvolvimento De Fármacos E Biomarcadores
Knowledge area Fisiologia E Farmacologia
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=8401187
Access rights Closed access
Type Thesis
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/60068

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account