Funcionalidade, Incapacidade e Saúde do Idoso Insulinodependente da Comunidade

Funcionalidade, Incapacidade e Saúde do Idoso Insulinodependente da Comunidade

Author Miguel, Michele Rita Oliveira Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Aveiro, Mariana Chaves Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Interdisciplinar em Ciências da Saúde
Abstract Objective: The aim of this study was to evaluate the functionality and disability of elderly insulin-dependent elderly in the area covered by UBS-Morro Nova Cintra in the city of Santos-SP and also to compare the elderly with diabetes who do not undergo insulin treatment. Methods: This is an observational, cross-sectional, population-based study. Forty-four elderly people diagnosed with diabetes mellitus were analyzed. Participants were divided into two groups: insulin dependent group (ID) and non-insulin dependent group (NID). Both groups underwent evaluation with a survey regarding demographic data, medications in use, diabetes diagnosis time and lifestyle. Translated and validated questionnaires were also used for the Brazilian population, being WHODAS 2.0 to measure life and participation activities, WHOQOL-Bref to assess the quality of life and elderly MOS-SSS for social participation. To perform the functional physical tests we used the TUG (Time up and go) which evaluates the mobility and functional balance and the TAF (Functional Range Test) in order to assess risk of falls, ending with the evaluation of the diabetic foot. The evaluations were carried out at the Morro Nova Cintra Basic Health Unit (UBS), Santos - SP during the monthly meetings on health education and distribution of inputs and with individual appointments. Results: In the physical evaluation of the Diabetic Foot, among the evaluated variables: the Improper Nail Clipping variable was associated with the classification in the groups (p = 0.033), and the ID group showed the highest frequency of improper clipping. In the MOSS questionnaire, the emotional support and information variables showed significant differences between the p-value groups 0.041 and 0.006 respectively. In the WHOQOL quality of life questionnaire, the domain variables showed no significant difference between the groups. For the TUG and TAF functional tests, the groups ID and NID did not present significant difference. Conclusion: when comparing both groups, it can be concluded that the R&D group presented better levels of functionality in relation to the NID group, inferring that Health Education actions are necessary and monitoring of the health team is a essential factor in the quality of life and functionality of the elderly insulin dependent.

Objetivo: O objetivo desse estudo foi avaliar a funcionalidade e a incapacidade dos idosos insulinodependentes da área de abrangência da UBS-Morro Nova Cintra na cidade de Santos-SP e, ainda, comparar a idosos com diagnóstico de diabetes que não realizam tratamento por insulina. Métodos: trata-se de um estudo observacional, transversal, de base populacional. Foram analisados 44 idosos com diagnostico de diabetes mellitus. Os participantes foram divididos em dois grupos: grupo insulinodependente (ID) e grupo não insulinodependente (NID). Ambos os grupos passaram por avaliação com inquérito referente aos dados sócios demográficos, medicamentos em uso, tempo de diagnóstico do diabetes e hábitos de vida. Foram também utilizados questionários traduzidos e validados para a população brasileira, sendo eles o WHODAS 2.0 para aferir atividades de vida e participação, o WHOQOL-Bref avaliar a qualidade de vida e idosos MOS-SSS para participação social. Para realização dos testes físicos funcionais utilizou-se o TUG (Time up and go) o qual avalia a mobilidade e o equilíbrio funcional e o TAF (Teste de Alcance Funcional) a fim de avaliar risco de quedas, finalizando-se com a avaliação do pé diabético. As avaliações foram realizadas na UBS (Unidade Básica de Saúde) do Morro Nova Cintra, Santos - SP durante os encontros mensais de educação em saúde e distribuição de insumos e com agendamentos individuais. Resultados: Na avaliação física do Pé Diabético, entre as variáveis avaliadas: a variável Corte de Unhas Impróprio apresentou associação entre a classificação nos grupos (p=0,033), sendo que o grupo ID apresentou menor frequência de corte impróprio. No questionário MOSS, as variáveis apoio emocional e informação apresentaram diferença significativa entre os grupos p-valor 0,041 e 0,006 respectivamente. No questionário de qualidade de vida WHOQOL, as variáveis de domínios não apresentaram diferença significativa entre os grupos. Para os testes funcionais TUG e TAF os grupos ID e NID não apresentaram diferença significativa. Conclusão: ao comparar ambos os grupos, pode-se concluir que o grupo de ID, apresentou melhores níveis de funcionalidade em relação as variáveis informação e apoio emocional, comparadp ao grupo NID, inferindo-se que as ações de Educação em Saúde se mostram necessárias e acompanhamento da equipe de saúde é um fator imprescindível na qualidade de vida e funcionalidade do idoso insulinodependente.
Keywords Diabetes Mellitus
International Classification Of Functioning
Disability And Health
Elderly.
Diabetes Mellitus
Classificação Internacional De Funcionalidade
Incapacidade E Saúde
Idoso.
Language Portuguese
Date 2019-12-09
Research area Estratégias Interdisciplinares Em Promoção, Prevenção E Reabilitação
Knowledge area Promoção, Prevenção E Reabilitação Em Saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 84 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=8541652
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/59630

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account