A regionalização intramunicipal do Sistema Único de Saúde (SUS): um estudo de caso do município de São Paulo-SP, Brasil

Show simple item record

dc.contributor.author Spedo, Sandra Maria [UNIFESP]
dc.contributor.author Pinto, Nicanor Rodrigues da Silva [UNIFESP]
dc.contributor.author Tanaka, Oswaldo Yoshimi
dc.date.accessioned 2015-06-14T13:41:53Z
dc.date.available 2015-06-14T13:41:53Z
dc.date.issued 2010-09-01
dc.identifier http://dx.doi.org/10.1590/S0104-12902010000300006
dc.identifier.citation Saúde e Sociedade. Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.Associação Paulista de Saúde Pública., v. 19, n. 3, p. 533-546, 2010.
dc.identifier.issn 0104-1290
dc.identifier.uri http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/5937
dc.description.abstract Regionalization has been pointed out as one of the most important challenges concerning the achievement of integrality and equity in the Brazilian National Health System (SUS). This study aims to evaluate the implementation process of a regional health project in the city of São Paulo. A case study was carried out in a selected region in the city based on the implementation assessment methodology. The data sources were management reports and interviews with key informants, and the period of analysis was 2005-2008. The thematic analysis showed that the regionalization project was not effectively implemented. The main factors involved in this failure were: a) the Municipal Health Department maintained a centralized decision-making process and a separate organizational framework for primary health care and for hospital care; b) specialized outpatient clinics and hospital facilities remained under the state level management and not under municipal responsibility; c) hospitals' strengthened institutional power generated resistance to integrate a comprehensive health system. The municipal decentralization process in the Brazilian National Health System (SUS) is still a challenge. It is important to identify new strategies to be able to improve the negotiation process among health managers, bringing together health organizations, in order to reach a cooperative and effective regionalization process within the National Health System in Brazil. en
dc.description.abstract A regionalização tem sido apontada como um dos principais desafios para viabilizar a equidade e a integralidade do SUS. Este artigo tem como objetivo avaliar o processo de implementação de um projeto de organização de regiões de saúde no município de São Paulo. Para tanto, foi realizado um estudo de caso em uma região selecionada desse município, a partir do referencial da análise de implantação, utilizando-se como fonte de dados documentos da gestão e entrevistas semiestruturadas com informantes-chave da gestão municipal 2005-2008. A análise temática evidenciou que o projeto de regionalização idealizado no início da gestão não foi efetivamente implementado. Dentre os fatores que interferiram nesse insucesso, destacam-se: a) a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), além de seu caráter centralizador, manteve estruturas político-administrativas independentes para a gestão da atenção básica e da assistência hospitalar; b) a SMS não assumiu a gestão, de fato, de ambulatórios e hospitais estaduais; c) o poder institucional e a resistência dos hospitais em se integrar ao sistema de saúde. Discute-se, ainda, a necessidade de avançar na descentralização intramunicipal do SUS e buscar novas estratégias para a construção de pactos que consigam superar as resistências e articular instituições historicamente consolidadas, visando uma regionalização cooperativa e solidária. pt
dc.format.extent 533-546
dc.language.iso por
dc.publisher Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.Associação Paulista de Saúde Pública.
dc.relation.ispartof Saúde e Sociedade
dc.rights Acesso aberto
dc.subject Regional Health Planning en
dc.subject Local Health Systems en
dc.subject Integrality en
dc.subject Health Management en
dc.subject Health Policy en
dc.subject Regionalização pt
dc.subject Sistemas locais de saúde pt
dc.subject Integralidade pt
dc.subject Gestão em saúde pt
dc.subject Política de saúde pt
dc.title A regionalização intramunicipal do Sistema Único de Saúde (SUS): um estudo de caso do município de São Paulo-SP, Brasil pt
dc.title.alternative The intramunicipal regionalization of the Brazilian National Health System (SUS): a case study in the city of São Paulo (SP), Brazil en
dc.type Artigo
dc.contributor.institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.contributor.institution Universidade de São Paulo (USP)
dc.description.affiliation UNIFESP Depto. Medicina Preventiva
dc.description.affiliation USP Faculdade de Saúde Pública Departamento de Prática de Saúde Pública
dc.description.affiliationUnifesp UNIFESP, Depto. Medicina Preventiva
dc.identifier.file S0104-12902010000300006.pdf
dc.identifier.scielo S0104-12902010000300006
dc.identifier.doi 10.1590/S0104-12902010000300006
dc.description.source SciELO
dc.identifier.wos WOS:000283567000006



File

Name: S0104-12902010000300006.pdf
Size: 156.5Kb
Format: PDF
Description:
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search


Browse

Statistics

My Account