Limiar de resolução temporal auditiva em idosos

Limiar de resolução temporal auditiva em idosos

Título alternativo Auditory temporal resolution threshold in elderly individuals
Autor Queiroz, Daniela Soares de Google Scholar
Momensohn-Santos, Teresa Maria Autor UNIFESP Google Scholar
Branco-Barreiro, Fátima Cristina Alves Google Scholar
Instituição Universidade Católica de São Paulo
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade de São Paulo (USP)
Resumo BACKGROUND: the Random Gap Detection Test (RGDT) evaluates temporal resolution threshold. There are doubts as to whether performance in this task remains unchanged with the aging process. At the same time, there is a concern about how much the difficulties of communication experienced by elderly individuals are related to the deterioration of temporal resolution. AIM: to determine auditory temporal resolution threshold in elderly individuals with normal peripheral hearing or symmetric mild sensorineural hearing loss, and to correlate findings with gender, age, audiometric findings and scores obtained in the Self - Assessment of Communication (SAC) questionnaire. Methods: 63 elderly individuals, aged between 60 and 80 years (53 women and 10 men), were submitted to the RGDT and the SAC. RESULTS: statistical analysis of the relationship between gender and the RGDT indicated that the performance of elderly females was statistically poorer when compared to elderly males. Age and audiometric configuration did not correlate to performance in the RDGT and in the SAC. The results indicate that in the SAC both genders presented no significant complaints about communication difficulties regardless of the outcome obtained in the RGDT or audiometric configuration. CONCLUSION: the average temporal resolution threshold for women was 104.81ms. Considering gender, females did not present correlations between age and audiometric configuration, not only when considering the RGDT results but also when analyzing the SAC results.

TEMA: o Teste de Detecção de Intervalo Aleatório - Random Gap Detection Test (RGDT) avalia o limiar de resolução temporal. Existem dúvidas se à medida que o sujeito envelhece, seu desempenho nesta tarefa se mantém inalterada. Ao mesmo tempo, existe a preocupação do quanto as suas dificuldades de comunicação estariam relacionadas a uma degradação da resolução temporal. OBJETIVO: determinar o limiar de resolução temporal auditiva em idosos com audição periférica normal ou perda do tipo neurossensorial, simétrica de até grau leve, e sua correlação com: gênero, idade, achados audiométricos e pontuação no Questionário de Auto-Avaliação da Comunicação - Self-Assessment of Communication (SAC). MÉTODO: 63 idosos, com idades entre 60 e 80 anos (53 mulheres e 10 homens), foram submetidos ao RGDT e ao SAC. RESULTADOS: a análise estatística da relação entre gênero e limiar do RGDT mostrou que o desempenho dos idosos do gênero feminino foi estatisticamente pior em relação ao masculino. Não houve correlação das variáveis idade e configuração audiométrica entre os sujeitos do gênero feminino e o desempenho do RGDT e no SAC. Os resultados do SAC mostraram que ambos os gêneros não apresentaram queixas significantes de dificuldade de comunicação independente do resultado do RGDT ou da configuração audiométrica. CONCLUSÃO: o limiar médio de resolução temporal para os idosos do gênero feminino foi de 104,81ms. Para o grupo do gênero feminino, não foram observadas correlação entre as variáveis idade e configuração audiométrica, tanto para os resultados do teste RGDT quanto para os resultados do questionário SAC.
Palavra-chave Aged
Hearing
Hearing Disorders
Hearing Tests
Idoso
Audição
Transtornos da Audição
Testes Auditivos
Idioma Português
Data de publicação 2010-09-01
Publicado em Pró-Fono Revista de Atualização Científica. Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda., v. 22, n. 3, p. 351-358, 2010.
ISSN 0104-5687 (Sherpa/Romeo)
Publicador Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda.
Extensão 351-358
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0104-56872010000300032
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0104-56872010000300032 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/5930

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0104-56872010000300032.pdf
Tamanho: 42.32KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta