Percepções e atitudes de professores de escolas públicas e privadas perante o tema drogas

Percepções e atitudes de professores de escolas públicas e privadas perante o tema drogas

Título alternativo Perceptions and attitudes among public school teachers towards the topic of drugs
Percepciones y actitudes de profesores de escuelas públicas y privadas ante el tema de las drogas
Autor Ferreira, Tatiana Cristina Diniz Autor UNIFESP Google Scholar
Sanchez, Zila van der Meer Autor UNIFESP Google Scholar
Ribeiro, Luciana Abeid Autor UNIFESP Google Scholar
Oliveira, Lúcio Garcia de Autor UNIFESP Google Scholar
Nappo, Solange Aparecida Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo In Brazil, although teachers are considered potential agents for prevention of drug use, school-based prevention programs have not achieved the expected results over a period of more than two decades. Aiming to help in identifying the origin of the problem, teachers' perceptions and attitudes regarding this issue were evaluated. Twenty elementary and high school teachers in the city of São Paulo participated in this study, and semi-structured interviews were conducted with them. Although these professionals recognized that they were opinion formers, they did not consider that they had sufficient skills to deal with this topic among their students, because of lack of information, interest or ability to deal with it. Regarding the information on this topic, it was found that there was low perception of risks associated with legal drugs. Given these results, it is suggested that school-based prevention programs should be reviewed and should involve participation by specialized professionals.

En Brasil, pese a que los profesores se consideran como agentes potenciales para la prevención del uso de drogas, hace más de 20 años los programas escolares de prevención no han alcanzado los resultados esperados. Con la intención de auxiliar la identificación del origen del problema se evaluaron las percepciones/actitudes de profesores de la enseñanza fundamental y media de la ciudad brasileña de São Paulo con los cuales se realizaron entrevistas semi-estructuradas. Aunque estos profesionales se reconozcan como formadores de opinión, no se consideran suficientemente habilitados para tratar el tema con sus alumnos, ya por su falta de información, interés o habilidad para afrontar el asunto. En cuanto a la información sobre el tema se ha verificado baja percepción, del riesgo asociado a las drogas lícitas. Antes tales resultados se sugiere que los programas de prevención destinados al ambiente escolar se revisen con la participaciónde profesionales especializados.

No Brasil, apesar de os professores serem considerados como agentes potenciais para a prevenção do uso de drogas, há mais de duas décadas os programas escolares de prevenção não têm alcançado os resultados esperados. Com o intuito de auxiliar a identificação da origem do problema, foram avaliadas as percepções/ atitudes de professores sobre o tema. Participaram da pesquisa vinte professores do Ensino Fundamental e Médio da cidade de São Paulo, com os quais foram realizadas entrevistas semiestruturadas. Embora esses profissionais se reconheçam como formadores de opinião, não se consideram suficientemente habilitados para tratar do tema com seus alunos, seja pela sua falta de informação, interesse ou habilidade para abordar o assunto. Quanto à informação sobre o tema, verificou-se haver uma baixa percepção sobre o risco associado às drogas lícitas. Perante estes resultados, sugere-se que os programas de prevenção destinados ao ambiente escolar sejam revistos e tenham a participação de profissionais especializados.
Palavra-chave Prevention
Teachers
Students
Qualitative research
Substance-related disorders
Schools
Prevenção
Professores
Estudantes
Pesquisa qualitativa
Transtornos relacionados ao uso de substâncias
Instituições acadêmicas
Idioma Português
Data de publicação 2010-09-01
Publicado em Interface - Comunicação, Saúde, Educação. UNESP, v. 14, n. 34, p. 551-562, 2010.
ISSN 1414-3283 (Sherpa/Romeo)
Publicador UNESP
Extensão 551-562
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1414-32832010005000007
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1414-32832010000300007 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/5907

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1414-32832010000300007.pdf
Tamanho: 508.9KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta