Índice de desvantagem vocal no canto clássico (IDCC) em cantores eruditos

Índice de desvantagem vocal no canto clássico (IDCC) em cantores eruditos

Título alternativo Classical singing handicap index (CSHI) in erudite singers
Autor Ávila, Maria Emília Barros De Google Scholar
Oliveira, Gisele Autor UNIFESP Google Scholar
Behlau, Mara Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Centro de Estudos da Voz
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo BACKGROUND: self-assessment of the impact of vocal deviation in the quality of life of erudite singers. AIM: to verify whether the presence of vocal complaints in erudite singers produces quality of life handicap in the use of singing voice and whether this handicap is related to gender, age, vocal classification or time of singing. METHOD: fifty-nine professional erudite choir singers answered the questionnaire including general questions such as identification, vocal classification, gender, time of study and dedication to classical singing. The choir singers were categorized into two groups, according to the presence of vocal complaints. They all answered the protocol Classical Singing Handicap Index (CSHI), which analyzes the impact of abnormal voice on singing voice in three subscales: Disability, Handicap and Impairment. RESULTS: subscales Impairment (6.39) and Disability (5.39) presented higher scores than subscale Handicap (3.34) for all singers. Moreover, there was statistically significant correlation between presence of vocal complaint and higher score of CSHI (p > 0.001 to all subscales). In the group with complaints, women had higher score in subscale Disability than men. In the group without complaints, older subjects and those who had sung longer presented lower CSHI scores. CONCLUSION: singers with vocal complaints and/or symptoms had higher handicap index in singing, expressed in subscales Impairment and Disability, without relationship with vocal classification.

TEMA: auto-avaliação da alteração vocal na qualidade de vida de cantores eruditos. OBJETIVO: verificar se a presença de queixa vocal em cantores eruditos produz desvantagem na qualidade de vida no que diz respeito ao uso da voz cantada e se tal desvantagem pode estar relacionada ao sexo, à idade, à classificação vocal ou ao tempo de canto. MÉTODO: 59 cantores eruditos profissionais, coralistas, preencheram um questionário com perguntas gerais de identificação, classificação vocal, idade, tempo de estudo e dedicação ao canto lírico. Os coralistas foram categorizados em dois grupos de acordo com a presença ou não de queixa vocal. Todos preencheram o protocolo de índice de desvantagem vocal pra o canto clássico (IDCC), que analisa o impacto da alteração vocal na voz cantada em três subescalas: incapacidade, desvantagem e defeito. RESULTADOS: as subescalas defeito (6,39) e incapacidade (5,39) apresentaram maiores escores que a subescala desvantagem (3,34), para todos os cantores. Além disso, foi observada relação estatisticamente significante entre a presença de queixa vocal e maior escore do IDCC (p < 0,001 para todas as subescalas). No grupo com queixa, mulheres apresentaram na subescala incapacidade maior escore que os homens; no grupo sem queixa, indivíduos com mais idade e mais tempo de canto apresentaram menores escores de IDCC. CONCLUSÃO: cantores líricos com queixa e/ou sintomas vocais apresentam maior índice de desvantagem no canto, com maior expressão nas subescalas de defeito e incapacidade, sem relação com a classificação vocal.
Palavra-chave Voice
Voice Quality
Quality of Life
Music
Voz
Qualidade da Voz
Qualidade de Vida
Música
Idioma Português
Data de publicação 2010-09-01
Publicado em Pró-Fono Revista de Atualização Científica. Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda., v. 22, n. 3, p. 221-226, 2010.
ISSN 0104-5687 (Sherpa/Romeo)
Publicador Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda.
Extensão 221-226
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0104-56872010000300011
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0104-56872010000300011 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/5897

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0104-56872010000300011.pdf
Tamanho: 68.25KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta