Atividade física, horas de assistência à TV e composição corporal em crianças e adolescentes

Atividade física, horas de assistência à TV e composição corporal em crianças e adolescentes

Título alternativo Physical inactivity, TV-watching hours and body composition in children and adolescents
Autor Rivera, Ivan Romero Google Scholar
Silva, Maria Alayde Mendonça da Google Scholar
Silva, Renata D'andrada Tenório Almeida Google Scholar
Oliveira, Bruno Almeida Viana de Google Scholar
Carvalho, Antonio Carlos Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de Alagoas Faculdade de Medicina
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo BACKGROUND: Physical inactivity is a predisposing factor to the onset/worsening of other cardiovascular risk factors, particularly obesity. OBJECTIVE: To determine physical activity level (PAL) and daily number of hours of TV (HTV) and the association and/or correlation of these variables with age, gender, economic class, public/private school, overweight and obesity in children and adolescents. METHODS: Cross sectional study, school-based population, public and private education, primary and secondary education. The sample was calculated based on the minimum expected prevalence of several variables, including physical inactivity. Cluster sampling. Protocol: structured questionnaire, including Physical Activity for Older Children Questionnaire (PAQ-C) measurements of weight, height, body mass index (BMI) and triceps skinfold (TSF). Statistical analysis: Chi-square, linear correlation. RESULTS: Among the 1,253 students, averaging 12.4 ± 2.9 years old, of which 549 were male, there was a prevalence of inactivity in 93.5%, more commonly found in female adolescents and there was no association between PAL and excess weight or body fat, soccer and dance were the most frequent activities in boys and girls, respectively; 60% of students did not have physical education classes. Average and median HTV were respectively 3.6 and 3 hours; there was a significant association between HTV and obesity and significant correlation between PAL and age (negative) and between BMI and TSF (positive). CONCLUSION: Physical inactivity is present in 93.5% of children and adolescents from Maceió. It is more commonly found among teenagers and females, with no association or correlation of this variable with excess weight or body fat; obesity was associated with > 3 HTV.

FUNDAMENTO: Sedentarismo é fator predisponente ao aparecimento/piora de outros fatores de risco cardiovascular, particularmente obesidade. OBJETIVO: Estabelecer nível de atividade física (NAF) e número diário de horas de TV (HTV) e a associação e/ou correlação destas variáveis com faixa etária, sexo, classe econômica, escola pública/privada, excesso de peso e obesidade, em crianças/adolescentes. MÉTODOS: Estudo transversal, base populacional escolar, ensino público e privado, fundamental e médio. Cálculo da amostra baseado na menor prevalência esperada de inúmeras variáveis, incluindo sedentarismo. Amostragem por conglomerados. Protocolo: Questionário estruturado, incluindo Physical Activity Questionaire for Older Children (PAQ-C); medidas de peso, altura, índice de massa corporal (IMC) e prega cutânea do tríceps (PCT). Análise estatística: Qui-quadrado; correlação linear. RESULTADOS: Nos 1.253 estudantes, com média de idade de 12,4 ± 2,9 anos, sendo 547 do sexo masculino, observou-se uma prevalência de sedentarismo em 93,5%, mais frequente em adolescentes do sexo feminino; não houve associação entre NAF e excesso de peso ou gordura corporal; futebol e dança foram as atividades mais frequentes em meninos e meninas, respectivamente; 60% dos estudantes não têm aulas de Educação Física. Média e mediana de HTV foram, respectivamente, 3,6 e 3 horas; houve associação significante entre maior HTV e obesidade e correlação significante entre NAF e idade (negativa) e entre IMC e PCT (positiva). CONCLUSÃO: O sedentarismo está presente em 93,5% das crianças e adolescentes de Maceió, sendo mais prevalente nos adolescentes e no sexo feminino, não havendo associação ou correlação desta variável com excesso de peso ou gordura corporal; obesidade associou-se a > 3 HTV.
Palavra-chave Sedentary lifestyle
obesity
body composition
children
adolescents
television
Sedentarismo
obesidade
composição corporal
crianças
adolescentes
televisão
Idioma Português
Data de publicação 2010-08-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Cardiologia. Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC, v. 95, n. 2, p. 159-165, 2010.
ISSN 0066-782X (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC
Extensão 159-165
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0066-782X2010005000065
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0066-782X2010001200004 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/5878

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0066-782X2010001200004.pdf
Tamanho: 316.5KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta