Microbial keratitis in the elderly: a 32-year review

Microbial keratitis in the elderly: a 32-year review

Título alternativo Ceratite infecciosa em idosos: revisão de 32 anos
Autor Passos, Renato Magalhães Autor UNIFESP Google Scholar
Cariello, Angelino Julio Autor UNIFESP Google Scholar
Yu, Maria Cecília Zorat Autor UNIFESP Google Scholar
Hofling-Lima, Ana Luisa Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo PURPOSE: To describe the demographic characteristics, associated factors and causative agents of infectious keratitis in the elderly in a tertiary referral center in São Paulo, Brazil. METHODS: A retrospective review of all patients aged 60 years and over with a presumptive diagnosis of infectious keratitis who had material collected for microbiological analysis, between the years 1975 and 2007 (32-year span). RESULTS: From a total of 7,060 age-independent cases of microbial keratitis, 1,545 cases in the elderly were reviewed, which had a mean age of 71.0 ± 7.8 years, ranging from 60 to 101 years. There were 707 males (45.6%) and 838 females (54.3%). Associated factors were: past ocular surgery (25.1%), ocular trauma (7.2%) and contact lens use (3.0%). Bacterioscopy was positive in 40.5% of cases. Culture positivity for any agent was 53.5% (bacteria 47.0%, fungi 6.1%, Acanthamoeba 0.4%). The most frequent bacteria were the gram-positive cocci (mostly coagulase-negative Staphylococci) and gram-negative bacilli (mostly the genera Pseudomonas, Moraxella and Proteus), while the most frequent fungi were the filamentous (mostly the genus Fusarium). CONCLUSIONS: This study represents a large series of microbial keratitis in the elderly in a single referral center. The most important factor associated with this condition in the elderly was past ocular surgery. The most frequent causative agents were bacteria, especially gram-positive cocci and gram-negative bacilli.

OBJETIVO: Descrever as características demográficas, fatores associados e agentes etiológicos das ceratites infecciosas em idosos em um centro de referência terciário em São Paulo, Brasil. MÉTODOS: Análise retrospectiva de todos os pacientes a partir de 60 anos com diagnóstico clínico de ceratite infecciosa que tiveram material colhido para análise microbiológica, entre os anos de 1975 e 2007 (intervalo de 32 anos). RESULTADOS: De um total de 7.060 casos de ceratite infecciosa em todas as idades, 1.545 casos em idosos foram revisados. A idade média foi de 71,0 ± 7,8 anos, variando de 60 a 101 anos. Foram 707 homens (45,6%) e 838 mulheres (54,3%). Os principais fatores associados foram: cirurgia ocular prévia (25,1%), trauma ocular (7,2%) e uso de lentes de contato (3,0%). Bacterioscopia foi positiva em 40,5% dos casos. A positividade das culturas para qualquer agente foi de 53,5% (bactérias 47,0%, fungos 6,1%, Acanthamoeba 0,4%). As bactérias mais frequentes foram os cocos gram positivos (principalmente Staphylococcus coagulase negativo) e bacilos gram negativos (principalmente Pseudomonas, Moraxella e Proteus), enquanto os fungos mais frequentes foram os filamentosos (Fusarium). CONCLUSÕES: Este estudo representa até o momento a maior série de casos de ceratite infecciosa em idosos em um centro único. O fator mais associado a esta condição em idosos foi cirurgia ocular prévia. Os agentes etiológicos mais frequentes foram as bactérias, principalmente cocos gram positivos e bacilos gram negativos.
Palavra-chave Keratitis
Eye infections, bacterial
Cornea
Fungi
Blindness
Human
Midlle aged
Review
Ceratite
Infecções oculares bacterianas
Córnea
Fungos
Cegueira
Humanos
Meia-idade
Revisão
Idioma Inglês
Data de publicação 2010-08-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Oftalmologia. Conselho Brasileiro de Oftalmologia, v. 73, n. 4, p. 315-319, 2010.
ISSN 0004-2749 (Sherpa/Romeo)
Publicador Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Extensão 315-319
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27492010000400002
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-27492010000400002 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/5873

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-27492010000400002.pdf
Tamanho: 210.6KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta