Ability of corneal biomechanical metrics and anterior segment data in the differentiation of keratoconus and healthy corneas

Ability of corneal biomechanical metrics and anterior segment data in the differentiation of keratoconus and healthy corneas

Título alternativo Estudo da performance diagnóstica de parâmetros biomecânicos e dados anatômicos da câmara anterior na diferenciação de córneas saudáveis e com ceratocone
Autor Fontes, Bruno Machado Autor UNIFESP Google Scholar
Ambrósio Junior, Renato Google Scholar
Jardim, Daniela Google Scholar
Velarde, Guillermo Coca Google Scholar
Nosé, Walton Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Sociedade Brasileira de Administração em Oftalmologia
Clínica Oftalmológica Renato Ambrósio
Universidade Federal Fluminense Statistics Department
Universidade Metropolitana de Santos
Resumo PURPOSE: To evaluate the sensitivity, specificity, and test accuracy of corneal biomechanical metrics and anterior segment data in differentiating keratoconus from healthy corneas. METHODS: Comparative case series. Patients with and without keratoconus (gender and age-matched) were submitted for complete eye examinations including corneal hysteresis (CH) and corneal resistance factor (CRF) as measured by the Ocular Response Analyzer and anterior segment data as gathered through Pentacam assessments. The anterior segment data measurement included average central keratometric readings (K-Ave), corneal astigmatism (CA), central corneal thickness (CCT), anterior chamber depth (AC depth) and corneal volume (CV). All parameters were assessed, compared and analyzed. A receiver operating characteristic (ROC) curve was used to identify the best cutoff point by which to maximize the sensitivity and specificity of discriminating keratoconus from normal corneas for each data category. RESULTS: Seventy seven eyes from forty three patients (24 male, 19 female) with keratoconus and eighty six eyes from forty three (24 male, 19 female) healthy controls were enrolled. ROC curve analysis showed poor overall predictive accuracy for all studied parameters in differentiating keratoconus from normal corneas. The highest sensitivity (79.2%) was obtained for both AC depth and CH (cutoff points 3.22 mm and 9.39 mmHg respectively). The best specificity (89.5%) and test accuracy (80.34%) were obtained for CA (cutoff point of 2.2 D). CONCLUSION: When considered together, studied parameters showed statistical differences between groups. However, when considered independently they presented low sensitivity, specificity and test accuracy in differentiating keratoconus from healthy corneas.

OBJETIVO: Avaliar a sensibilidade, especificidade e acurácia de parâmetros biomecânicos e anatômicos do segmento anterior isolados na diferenciação de córneas saudáveis e com ceratocone. MÉTODOS: Estudo tipo série de casos comparativa. Pacientes com ceratocone e controles saudáveis foram pareados (idade e sexo) e submetidos a exame oftalmológico completo, incluindo avaliação biomecânica (ORA) e tomográfica (Pentacam). Ceratometria central média, astigmatismo corneano, espessura corneana central, profundidade da câmara anterior, volume corneano, CH e CRF foram estabelecidos, avaliados e comparados. Curvas ROC (Receiver operating characteristic) foram utilizadas para identificar o melhor valor de corte que apresentasse a maior sensibilidade e especificidade na discriminação entre ceratocone e córneas saudáveis para cada dado estudado. RESULTADOS: Setenta e sete olhos de 43 pacientes com ceratocone (24 homens e 19 mulheres) e 86 olhos de pacientes saudáveis (24 homens e 19 mulheres) foram incluídos no estudo. Curvas ROC mostraram baixa acurácia na predição do diagnóstico de ceratocone em todos os parâmetros isolados estudados. Maior sensibilidade encontrada foi 79,2% para profundidade da câmara anterior e CH (ponto de corte 3,22mm e 9,39mmHg respectivamente); maior especificidade e acurácia foram encontradas na análise do astigmatismo corneano (ponto de corte 2,2 D; 89,5% e 80,34% respectivamente). CONCLUSÃO: Todos os parâmetros estudados mostraram diferença estatisticamente significativa entre os grupos. No entanto, quando considerados isoladamente apresentaram baixas sensibilidade, especificidade e acurácia na diferenciação entre ceratocone e córneas saudáveis.
Palavra-chave Cornea
Corneal diseases
Corneal topography
Biomechanics
Keratoconus
Córnea
Doenças da córnea
Topografia da córnea
Biomecânica
Ceratocone
Idioma Inglês
Data de publicação 2010-08-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Oftalmologia. Conselho Brasileiro de Oftalmologia, v. 73, n. 4, p. 333-337, 2010.
ISSN 0004-2749 (Sherpa/Romeo)
Publicador Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Extensão 333-337
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27492010000400006
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-27492010000400006 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/5859

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-27492010000400006.pdf
Tamanho: 316.8KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta