Caracterização molecular de Pseudomonas aeruginosa resistentes a carbapenêmicos e produtoras de metalo-β-lactamase isoladas em hemoculturas de crianças e adolescentes com câncer

Caracterização molecular de Pseudomonas aeruginosa resistentes a carbapenêmicos e produtoras de metalo-β-lactamase isoladas em hemoculturas de crianças e adolescentes com câncer

Título alternativo Molecular characterization of carbapenem-resistant and metallo-β-lactamase-producing Pseudomonas aeruginosa isolated from blood cultures from children and teenagers with cancer
Autor Fernandes, Thaís Ávila Autor UNIFESP Google Scholar
Pereira, Carlos Alberto Pires Autor UNIFESP Google Scholar
Petrilli, Antonio Sergio Autor UNIFESP Google Scholar
Pignatari, Antonio Carlos Campos Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo INTRODUCTION: The objective of this study was to evaluate the prevalence and dissemination of carbapenem-resistant and metallo-β-lactamase-producing Pseudomonas aeruginosa isolated from blood-stream samples (2000-2005) that were collected from patients admitted to the Institute of Pediatric Oncology, UNIFESP (IOP-GRAACC). METHODS AND RESULTS: Fifty-six P. aeruginosa samples were isolated from 49 patients. Thirty-two of these samples were classified as carbapenem-resistant using the disc diffusion method and were subjected to the PCR reaction in order to detect MBL genes. Eighteen of these 32 isolates showed the blaSPM-1 gene. Eight samples selected in different years over the study period presented the same genetic profile according to pulsed-field gel electrophoresis. The antimicrobial therapy was considered adequate for only 23.5% of the patients with bacteremia due to P. aeruginosa carrying the blaSPM-1 gene, and a high lethality rate of 70.6% was observed during the 30-day period after bacteremia and an inadequate initial antibiotic regimen. CONCLUSIONS: We detected the presence of a clone of carbapenem-resistant P. aeruginosa carrying blaSPM-1 that persisted in blood culture samples over a six-year period at the institution, with high lethality, thus justifying rigorous epidemiological surveillance and a rearrangement of the antimicrobial therapy regimens at the institution.

INTRODUCÃO: O objetivo do estudo foi avaliar a prevalência e a disseminação de amostras de Pseudomonas aeruginosa resistente aos carbapenêmicos e produtoras de metalo-β-lactamases isoladas de hemoculturas (2000-2005) de pacientes do Instituto de Oncologia Pediátrica da UNIFESP (IOP-GRAACC). MÉTODOS E RESULTADOS: Cinquenta e seis amostras de Pseudomonas aeruginosa foram isoladas de 49 pacientes. Trinta e duas dessas amostras foram classificadas como resistentes aos carbapenêmicos pela técnica de disco difusão e submetidas a reação de PCR para detecção de genes de MBL. Dezoitos dessas 32 amostras evidenciaram o gene blaSPM-1. Oito amostras selecionadas em diferentes anos no período de estudo apresentaram o mesmo perfil genético por pulsed-field gel electrophoresis. A terapêutica antimicrobiana foi considerada adequada em apenas 23,5% dos pacientes com bacteremia por P. aeruginosa carreando blaSPM-1 e letalidade de 70,6% no período de até 30 dias após a bacteremia e uma inadequação inicial dos esquemas antibióticos utilizados CONCLUSÕES: Evidenciamos a presença de um clone de P. aeruginosa resistente aos carbapenêmicos carreando blaSPM-1 que persistiu em amostras de hemocultura pelo período de 6 anos na instituição, com alta letalidade, justificando uma vigilância epidemiológica rigorosa e uma readequação dos esquemas de terapia antimicrobianos na instituição.
Palavra-chave Pseudomonas aeruginosa
Metallo-β-lactamase
Cancer
Blood culture
Hospital infection
Pseudomonas aeruginosa
Metalo-β-lactamase
Câncer
Hemocultura
Infecção hospitalar
Idioma Português
Data de publicação 2010-08-01
Publicado em Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT, v. 43, n. 4, p. 372-376, 2010.
ISSN 0037-8682 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT
Extensão 372-376
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0037-86822010000400007
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0037-86822010000400007 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/5855

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0037-86822010000400007.pdf
Tamanho: 244.6KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta