“Multiletramento”, “multimodalidade”, “multitela”, “multitv”: a construção [multi + X] no português brasileiro segundo a gramática cognitiva

“Multiletramento”, “multimodalidade”, “multitela”, “multitv”: a construção [multi + X] no português brasileiro segundo a gramática cognitiva

Alternative title “Multiletramento”, “multimodalidade”, “multitela”, “multitv”: the construction [multi + X] in Brazilian Portuguese according to cognitive grammar
Author Silva, Adriana Carvalho da Google Scholar
Advisor Souza, Janderson Luiz Lemos de Google Scholar
Graduate program Letras
Abstract Esta dissertação tem como objeto a construção [multi + X] no português brasileiro segundo a gramática cognitiva. A motivação inicial para o trabalho veio de palavras que ocorrem nos currículos de Língua Portuguesa da rede municipal de ensino de São Paulo, como “multiletramento” e “multimodalidade”. Depois, de palavras que ocorrem no uso cotidiano da língua, como “multitela” e “multitv”. Por isso, nossa investigação logo se deslocou do uso restrito a um gênero textual para o uso mais geral no português brasileiro. A teoria adotada é a Linguística Cognitiva, que propõe o conceito de conceptualização como fenômeno em que o falante real produz significado a partir de uma perspectiva. Dentre seus modelos, a Gramática Cognitiva foi adotada pela autointitulação, desde a origem, como modelo baseado no uso e pelo interesse, inscrito em seu nome, na gramática das línguas naturais como produto da cognição humana. Nossas hipóteses são que (i) falantes do português brasileiro fazem uso criativo da construção [multi + X] e que (ii) a evolução do latim ao português, portanto anterior à formação do português brasileiro, promoveu a herança de palavras a partir das quais a construção foi depreendida. A partir dessas hipóteses, o objetivo geral desta dissertação é demonstrar o uso criativo da construção no português brasileiro, enquanto os objetivos específicos são descrever o construal imposto pela construção e caracterizar a relação entre “multi”, “muito” e “mui” como um caso de heterossemia na evolução do latim ao português. Como fonte de dados, utilizamos o Corpus do Português, disponível em https://corpus.byu.edu/.

This dissertation addresses [multi + X] construction in Brazilian Portuguese according to Cognitive Grammar. The initial motivation to develop it comes from words used in the syllabuses of Portuguese for the public education in the city of São Paulo, such as “multiletramento” and “multimodalidade”. Later, from words in the ordinary use of the language, such as “multitela” and “multitv”. Therefore, our investigation quickly changed the focus from the usage in a specific text genre to the wider usage in Brazilian Portuguese. The theoretical framework adopted is Cognitive Linguistics, which takes conceptualization for the construction of meanings by real speakers from a perspective. One of the models of the theory is Cognitive Grammar, adopted for its self-titling as a usage-based model from the start and for the interest, manifested in its name, in the grammar of natural languages as a product of human cognition. Our hypotheses are that (i) speakers of Brazilian Portuguese make creative use of [multi + X] construction, and (ii) the evolution from Latin to Portuguese, therefore long before the formation of Brazilian Portuguese, promoted the heritage of words out of which the construction was extracted. Based on these hypotheses, our general aim is to demonstrate the creative use of the construction in Brazilian Portuguese, whereas our specific aims are to descrive the construal imposed by the construction and characterize the relationship among “multi”, “muito” and “mui” as a case of heterosemy in the evolution from Latin to Portuguese. Corpus do Português, available at https://corpus.byu.edu/, is our source of data.
Keywords Linguística Cognitiva
Gramática Cognitiva
História da Língua Portuguesa
Cognitive Linguistics
Cognitive Grammar
History of Brazilian Portuguese
xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-coverage Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Language Portuguese
Sponsor Não recebi financiamento
Date 2019-12-13
Research area Linguagem e Cognição
Knowledge area Estudos linguísticos
Publisher Universidade Federal de São Paulo
Extent 99 f.
Access rights Open access Open Access
Type Dissertation
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/58391

Show full item record




File

Name: ADRIANA CARVALHO DA SILVA.pdf
Size: 3.837Mb
Format: PDF
Description:
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account