Analysis of the immunohistochemical expressions of p53, bcl-2 and Ki-67 in colorectal adenocarcinoma and their correlations with the prognostic factors

Analysis of the immunohistochemical expressions of p53, bcl-2 and Ki-67 in colorectal adenocarcinoma and their correlations with the prognostic factors

Título alternativo Análise das expressões imunoistoquímicas da p53, bcl-2 e Ki-67 no adenocarcinoma colorretal e suas correlações com os fatores prognósticos
Autor Menezes, Hunaldo Lima De Autor UNIFESP Google Scholar
Jucá, Mário Jorge Google Scholar
Gomes, Edmundo Guilherme De A. Google Scholar
Nunes, Benício L. Bulhões B. P. Autor UNIFESP Google Scholar
Costa, Henrique Oliveira Google Scholar
Matos, Delcio Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Federal University of Alagoas School of Medicine Discipline of Coloproctology
UFAL FM Department of Surgery
State University of Health Sciences of Alagoas Department of Pathology
Resumo CONTEXT: Search of tumors markers that allow treatment with higher survival rates, and indicate the response to treatment and recurrence of cancer OBJECTIVE: To analyze the immunoexpression of the proteins p53, bcl-2 and Ki-67 in colorectal adenocarcinoma and correlate them with the clinical-pathological prognostic factors. METHOD: Tissue microarray paraffin blocks were made from colorectal adenocarcinoma tissue resected from 82 patients who had undergone surgery but not chemotherapy or radiotherapy, at Hospital São Paulo, São Paulo, SP, Brazil, between 2002 and 2005. Thin sections (4 µm) were subjected to immunohistochemical reactions, and immunoexpression staining scores were obtained. The scores were correlated with the degree of cell differentiation, staging, disease-free interval, recurrence, survival and specific mortality. The study variables were analyzed using the chi-square and Kaplan-Meier tests to investigate associations with the markers. The significance of the differences between the curves of the disease-free interval and survival was analyzed using the Logrank and Wilcoxon tests. RESULTS: The immunohistochemical expression of p53 was positive in 70 tumors (85.4%) and negative in 12 (14.6%). The expression of bcl-2 was positive in 26 (31.7%) and negative in 56 (68.3%). The expression of Ki-67 was positive in 62 (75.6%) and negative in 20 (24.4%). There was no statistically significant correlation between the expressions of these markers separately or in conjunction, in relation to the degree of cell differentiation, staging, disease-free interval, survival and specific mortality. In relation to recurrence, there was a statistically significant correlation with positive expression of Ki-67 (P = 0.035). CONCLUSION: The immunohistochemical expression of Ki-67 in colorectal cancer is associated with recurrence of this disease.

CONTEXTO: Pesquisa de marcadores tumorais que permitam tratamento com maiores índices de sobrevida, além de indicarem a resposta ao tratamento e a recurrência da neoplasia. OBJETIVO: Analisar as expressões imunoistoquímicas das proteínas p53, bcl-2 e Ki-67 no adenocarcinoma colorretal, correlacionando-as com os fatores prognósticos clínico-patológicos. MÉTODO: Foram confeccionados blocos de parafina de TMA com tecido de adenocarcinoma colorretal ressecados cirurgicamente em 82 pacientes no Hospital São Paulo da Universidade Federal der São Paulo, São Paulo, SP, de 2002 a 2005, não submetidos a radio ou quimioterapia. Cortes de 4 µm foram submetidos a reação imunoistoquímica e obtidos escores de intensidade das imunoexpressões, que foram correlacionados com o grau de diferenciação celular, estádio, tempo livre de doença, recidiva, sobrevida e mortalidade específica. As variáveis do estudo foram analisadas pelos testes do qui ao quadrado e de Kaplan-Meier para verificar as associações com os marcadores. A significância das diferenças entre as curvas do tempo livre de doença e da sobrevida foi analisada pelos testes de Logrank e Wilcoxon. RESULTADOS: A expressão imunoistoquímica da p53 foi positiva em 70 tumores (85,4%) e negativa em 12 (14,6%). A bcl-2 foi positiva em 26 tumores (31,7%) e negativa em 56 (68,3%). A expressão imunoistoquímica da Ki-67 foi positiva em 62 tumores (75,6%), sendo em 20 (24,4%) negativa. Não houve correlação estatisticamente significante entre as expressões imunoistoquímicas dos marcadores analisadas separadamente ou em conjunto, envolvendo o grau de diferenciação celular, estádio, tempo livre de doença, sobrevida e mortalidade específica. Com relação à recidiva, observou-se correlação estatisticamente significante com a expressão imunoistoquímica positiva da Ki-67 (P = 0,035). CONCLUSÃO: A expressão imunoistoquímica positiva da Ki-67 no câncer colorretal está relacionada com a incidência de recidiva da doença.
Palavra-chave Colorectal neoplasms
Adenocarcinoma
Immunohistochemistry
Tumor suppressor protein p53
Proto-oncogene proteins c-bcl-2
Bcl-2 homologous antagonist-killer protein
Neoplasias colorretais
Adenocarcinoma
Imunoistoquímica
Proteína proto-oncogênicas c-bcl-2
Proteína killer-antagonista homóloga a bcl-2
Idioma Inglês
Data de publicação 2010-06-01
Publicado em Arquivos de Gastroenterologia. Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBGSociedade Brasileira de Hepatologia - SBHSociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED, v. 47, n. 2, p. 141-147, 2010.
ISSN 0004-2803 (Sherpa/Romeo)
Publicador Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBGSociedade Brasileira de Hepatologia - SBHSociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED
Extensão 141-147
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-28032010000200005
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-28032010000200005 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/5787

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-28032010000200005.pdf
Tamanho: 250.1KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta