Platelet-rich plasma in bone repair of irradiated tibiae of Wistar rats

Platelet-rich plasma in bone repair of irradiated tibiae of Wistar rats

Título alternativo Plasma rico em plaquetas na reparação óssea em tíbias irradiadas de ratos Wistar
Autor Gumieiro, Emne Hammoud Autor UNIFESP Google Scholar
Abrahão, Márcio Autor UNIFESP Google Scholar
Jahn, Ricardo Schmitutz Autor UNIFESP Google Scholar
Segretto, Helena Autor UNIFESP Google Scholar
Alves, Maria Teresa de Seixas Autor UNIFESP Google Scholar
Nannmark, Ulf Google Scholar
Granström, Gösta Google Scholar
Dib, Luciano Lauria Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Göteborg University Department of Anatomy and Cell Biology
The Sahlgrenska Academy of Göteborg University Institute for Clinical Sciences Department of Otolaryngology, Head and Neck Surgery
Paulista University Faculty of Dentistry Department of Stomatology
Resumo PURPOSE: To evaluate the influence of PRP addition on bone repair of circular defects created in irradiated tibiae of rats by histometric analysis. METHODS: Sixty male Wistar rats had the right tibiae irradiated with 30 Gy. After 30 days monocortical defects were created and platelet-rich plasma was applied in 30 rats. In the control group defects were created but not filled. The animals were desanguinated after 4, 7, 14, 21, 56 and 84 days and the tibiae removed for histological processing. RESULTS: There was a tendency in the PRP group to increased bone neoformation from 14-days to 84-days; in the control group increased bone neoformation was not seen after 21 days or later. CONCLUSION: The addition of platelet-rich plasma had a beneficial effect in the initial cellular regeneration period and enhanced bone formation in later periods when compared to control.

OBJETIVO: Avaliar histometricamente a influência do PRP na reparação óssea de defeitos circulares criados em tíbia irradiada de ratos Wistar. MÉTODOS: Sessenta ratos machos tiveram a tíbia direita irradiada com 30Gy. Após 30 dias, defeitos ósseos monocorticais foram criados e PRP foi adicionado em 30 ratos. No grupo controle os defeitos foram criados, mas não preenchidos. Os animais foram sacrificados em 4, 7, 14, 21, 56 e 84 dias e a tíbia removida para processamento histológico. RESULTADOS: Houve uma tendência do grupo PRP mostrar uma neoformação óssea significativamente maior nos períodos de 14 a 84 dias; no grupo controle o aumento da reparação óssea não se manteve após 21 dias. CONCLUSÃO: A adição de PRP mostrou-se benéfica no período inicial de reparação celular e em períodos seqüentes foi estímulo à quantidade neoformação óssea, quando comparado ao controle.
Palavra-chave Platelet-Rich Plasma
Radiation Injuries, Experimental
Bone Regeneration
Plasma Rico em Plaquetas
Lesões Experimentais por Radiação
Regeneração Óssea
Idioma Inglês
Data de publicação 2010-06-01
Publicado em Acta Cirurgica Brasileira. Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia, v. 25, n. 3, p. 257-263, 2010.
ISSN 0102-8650 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia
Extensão 257-263
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0102-86502010000300007
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000279280900007
SciELO S0102-86502010000300007 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/5765

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0102-86502010000300007.pdf
Tamanho: 824.2KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta