Aspectos relacionados ao estabelecimento e à manutenção do aleitamento materno exclusivo na perspectiva de mulheres atendidas em uma unidade básica de saúde

Aspectos relacionados ao estabelecimento e à manutenção do aleitamento materno exclusivo na perspectiva de mulheres atendidas em uma unidade básica de saúde

Título alternativo Issues involved in establishing and maintaining exclusive breastfeeding, from the perspective of women attended at a primary healthcare unit
Aspectos relacionados con el establecimiento y al mantenimiento de la lactancia materna exclusiva desde la perspectiva de mujeres atendidas en una unidad básica de salud
Autor Fujimori, Elizabeth Google Scholar
Nakamura, Eunice Autor UNIFESP Google Scholar
Gomes, Marcela Melatti Google Scholar
Jesus, Luciana Albuquerque De Google Scholar
Rezende, Magda Andrade Google Scholar
Instituição Universidade de São Paulo (USP)
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Hospital Alemão Oswaldo Cruz
Programa de Agentes Comunitários de Saúde
Resumo This qualitative study aimed to investigate the issues involved in establishing and maintaining exclusive breastfeeding from the women's perspective. It was conducted with 12 mothers of infants less than six months of age who were attended at a primary healthcare unit. Semistructured interviews were recorded, transcribed and subjected to content analysis, which revealed the following categories: nipple trauma; free demand; weak breast milk; breastfeeding women's psychological health; previous breastfeeding experience; breastfeeding and women's multiple roles; and influence of close people. Establishment of exclusive breastfeeding was associated with experiences and perceptions about breast milk sufficiency, thereby causing concern and insecurity. Close people, especially family members, influenced the establishment and maintenance of exclusive breastfeeding, as did women's work overload inside and outside home. Knowledge of issues that facilitate or hinder establishment and maintenance of breastfeeding is essential for guiding health professionals' actions.

Con la propuesta de conocer aspectos relacionados al perido de establecimiento y mantenimiento de la lactancia materna exclusiva (AME) bajo la perspectiva de mujeres se ha realizado un estudio cualitativo con 12 madres de lactantes menores de seis meses atendidas en una unidad básica de salud. Entrevistas semi-estructuradas, grabadas, transcritas y sometidas al análisis de contenido revelaron las categorías: traumas mamilares; libre demanda; leche floja; salud psicológica de la nutriz; experiencia anterior en amamantamiento; amamantamiento y los múltiples papeles de la mujer, influencia de personas próximas. El establecimiento del AME se asocia a experiencias y percepciones acerca de la suficiencia de la leche, generando preocupaciones e inseguridad. Personas próximas, en especial familiares, influencian en el estabelecimiento y mantenimiento del AME de la misma forma que la sobrecarga de trabajo de la mujer, dentro y fuera del hogar. Es fundamental que los profesionales de salud conozcan estos aspectos que dificultan o que facilitan el estabelecimiento y el mantenimiento de la lactancia materna para orientar acciones.

Com a proposta de conhecer aspectos que envolvem o período de estabelecimento e manutenção do aleitamento materno exclusivo (AME), na perspectiva de mulheres, realizou-se estudo qualitativo com 12 mães de lactentes menores de seis meses, atendidas em unidade básica de saúde. Entrevistas semiestruturadas, gravadas, transcritas e submetidas à análise de conteúdo revelaram as categorias: traumas mamilares; livre demanda; leite fraco; saúde psicológica da nutriz; experiência anterior em amamentação; amamentação e os múltiplos papéis da mulher; influência de pessoas próximas. O estabelecimento do AME associou-se a experiências e percepções acerca da suficiência do leite, gerando preocupações e insegurança. Pessoas próximas, em especial familiares, influenciam no estabelecimento e manutenção do AME, da mesma forma que a sobrecarga de trabalho da mulher, dentro e fora do lar. É fundamental que os profissionais de saúde conheçam esses aspectos que dificultam ou que facilitam o estabelecimento e a manutenção do aleitamento materno para orientarem ações.
Palavra-chave Breastfeeding
Interpersonal relations
Social support
Qualitative research
Aleitamento materno
Relações interpessoais
Apoio social
Pesquisa qualitativa
Idioma Português
Data de publicação 2010-06-01
Publicado em Interface - Comunicação, Saúde, Educação. UNESP, v. 14, n. 33, p. 315-327, 2010.
ISSN 1414-3283 (Sherpa/Romeo)
Publicador UNESP
Extensão 315-327
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1414-32832010000200007
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1414-32832010000200007 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/5762

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1414-32832010000200007.pdf
Tamanho: 87.12KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta