Avaliação do volume da placenta no primeiro trimestre de gestação por meio da ultrassonografia tridimensional utilizando o método XI VOCAL

Avaliação do volume da placenta no primeiro trimestre de gestação por meio da ultrassonografia tridimensional utilizando o método XI VOCAL

Título alternativo Estimation of placental volume by three-dimensional ultrasonography with the XI VOCAL method in the first gestational trimester
Autor Nowak, Paulo Martin Autor UNIFESP Google Scholar
Nardozza, Luciano Marcondes Machado Autor UNIFESP Google Scholar
Araujo Júnior, Edward Autor UNIFESP Google Scholar
Rolo, Liliam Cristine Autor UNIFESP Google Scholar
Guimarães Filho, Hélio Antonio Autor UNIFESP Google Scholar
Moron, Antonio Fernandes Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE: To determine reference values for placental volume at 7 to 10 + 6 weeks of gestation by means of three-dimensional ultrasonography with the XI VOCAL (eXtended Imaging Virtual Organ Computer-aided Analysis) method. MATERIALS AND METHODS: A cross-sectional study was developed with 70 pregnant women at 7 to 10 + 6 weeks of gestation. The XI VOCAL method with ten sequential adjacent planes was utilized in the volume calculations. Means, medians, standard deviation, minimum and maximum values for placental volume were calculated. A scatter plot adjusted by the determination coefficient (R²) was constructed to correlate placental volume and gestational age. RESULTS: Mean placental volume ranged from 4.6 cm³ (2.6-8.6 cm³) to 28.9 cm³ (11.4-66.9 cm³). The placental volume (PV) has shown to be highly correlated with the gestational age (GA) and the best fit equation was [PV = exp(0.582 × GA + 0.063); R² = 0.82]. CONCLUSION: Reference values for placental volume in the first gestational trimester were determined with the XI VOCAL method.

OBJETIVO: Determinar valores de referência para o volume da placenta entre 7 e 10 semanas e 6 dias de gestação por meio da ultrassonografia tridimensional utilizando o método XI VOCAL (eXtended Imaging Virtual Organ Computer-aided Analysis). MATERIAIS E MÉTODOS: Realizou-se estudo de corte transversal com 70 gestantes normais entre 7 e 10 semanas e 6 dias. Para o cálculo de volume, utilizou-se o método XI VOCAL com delimitação de dez planos adjacentes. Foram determinadas médias, medianas, desvios-padrão, valores máximo e mínimo para o volume da placenta. Para avaliar a correlação do volume da placenta com a idade gestacional, foi criado gráfico de dispersão, sendo o ajuste realizado pelo coeficiente de determinação (R²). RESULTADOS: A média do volume da placenta variou de 4,6 cm³ (2,6-8,6 cm³) a 28,9 cm³ (11,4-66,9 cm³). O volume da placenta (VP) se mostrou altamente correlacionado com a idade gestacional (IG), sendo o melhor ajuste com a regressão exponencial [VP = exp(0,582 × IG + 0,063); R² = 0,82]. CONCLUSÃO: Valores de referência para o volume da placenta no primeiro trimestre de gestação utilizando o método XI VOCAL foram determinados.
Palavra-chave Early placental phase
First trimester of pregnancy
Gestational age
Organ volume
Three-dimensional imaging
Gestação inicial
Primeiro trimestre de gestação
Idade gestacional
Volume de órgão
Imagem tridimensional
Idioma Português
Data de publicação 2010-04-01
Publicado em Radiologia Brasileira. Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem, v. 43, n. 2, p. 81-84, 2010.
ISSN 0100-3984 (Sherpa/Romeo)
Publicador Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem
Extensão 81-84
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0100-39842010000200006
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0100-39842010000200006 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/5687

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0100-39842010000200006.pdf
Tamanho: 164.9KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta