Expressão imunohistoquímica de P53 e Ki-67 na carcinogênese esofágica induzida pela dietilnitrosamina: modelo experimental

Expressão imunohistoquímica de P53 e Ki-67 na carcinogênese esofágica induzida pela dietilnitrosamina: modelo experimental

Título alternativo Immunohistochemical expression of P53 and Ki-67 in diethylnitrosamine-induced carcinomas esophageal: experimental model
Autor Castro Junior, Miguel Angelo Martins de Google Scholar
Kruel, Cleber Dario Pinto Google Scholar
Meurer, Luise Google Scholar
Castro, Angela Potter de Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição FURG
UFRGS
HCPA Departamento de Patologia
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE:To evaluate the expression of P53 and Ki-67 during esophageal diethylnitrosamine (DEN)-induced carcinogenesis in 100 mice by immunohistochemistry. METHODS: The animals were assigned to 4 groups, receiving water and food ad libitum. Control groups I and II received weekly esophageal gavage with cold (room temperature) or hot (60-70ºC) water, respectively. Experimental groups III and IV were treated with DEN for 3 consecutive days during the week, and one weekly gavage as above. The mice were sacrificed in different periods from day 30 to day 150 after the beginning of the experiment, for collection of esophageal samples which were then submitted to microscopic and immunohistochemical analyses. The temperature of the water administered by gavage was not related to the frequency of esophageal tumors. RESULTS:The expression of Ki-67 was significantly higher in high-grade intraepithelial lesion (I.L.), and the expression of P53 was also higher in low-grade I.L. CONCLUSION:The results emphasize the direct relationship of the carcinogenic process with early cell alterations detected by immunohistochemistry.

OBJETIVO: Avaliar a expressão imunohistoquímica de p53 e ki-67 na carcinogênese esofágica induzida quimicamente através do uso de dietilnitrosamina, em um grupo de 100 camundongos fêmeas. MÉTODOS: O estudo experimental foi realizado com quatro grupos de animais, onde os grupos I e II foram considerados controles, sendo diferenciados por gavagem esofágica, uma vez semana, com água fria (temperatura ambiente) ou quente (60º-70ºC). E os grupos III e IV foram considerados estudos, os quais receberam dietilnitrosamina por três dias consecutivos semanalmente, também sendo diferenciados por gavagem, uma vez por semana, com água fria ou quente. O estudo apresentou datas progressivas de sacrifícios com coleta de peças esofágicas, que iniciava aos 30 dias de experimento e terminava aos 150 dias. Demonstrou-se que não houve diferença na incidência tumoral quando foi acrescida a variável temperatura da água; provavelmente devido ao episódio único semanal que era adicionado ao animal em experimentação. RESULTADOS: A análise imunohistoquímica do p53 não evidenciou diferença estatística durante a evolução da carcinogênese até 150 dias, porém quando analisado a relação com alterações patológicas demonstra-se que apresenta significância em relação à patologia baixo grau de displasia, alto grau e carcinoma. CONCLUSÃO: A análise imunohistoquímica do ki-67 demonstrou diferença estatística durante a evolução da carcinogênese a partir do dia 120 de experimento e quando analisada a relação com alterações patológicas demonstrou-se que apresenta significância também em relação à lesão intraepitelial de alto grau e carcinoma.
Palavra-chave Tumor markers, biological
Esophagus
Diethylnitrosamine
Carcinoma, squamous cell
Transcription, genetic
Marcadores tumorais biológicos
Esôfago
Dietilnitrosamina
Carcinoma de células escamosas
Transcrição genética
Idioma Português
Data de publicação 2010-04-01
Publicado em Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgiões. Colégio Brasileiro de Cirurgiões, v. 37, n. 2, p. 128-134, 2010.
ISSN 0100-6991 (Sherpa/Romeo)
Publicador Colégio Brasileiro de Cirurgiões
Extensão 128-134
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0100-69912010000200010
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0100-69912010000200010 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/5671

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0100-69912010000200010.pdf
Tamanho: 458.9KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta