Prebióticos, probióticos e simbióticos na prevenção e tratamento das doenças alérgicas

Prebióticos, probióticos e simbióticos na prevenção e tratamento das doenças alérgicas

Título alternativo Prebiotics, probiotics and symbiotics on prevention and treatment of allergic diseases
Autor Souza, Fabíola Suano Autor UNIFESP Google Scholar
Cocco, Renata Rodrigues Autor UNIFESP Google Scholar
Sarni, Roseli Oselka Saccardo Autor UNIFESP Google Scholar
Mallozi, Marcia Carvalho Autor UNIFESP Google Scholar
Solé, Dirceu Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Fundação Faculdade de Medicina do ABC Disciplina de Pediatria
Resumo OBJECTIVE: To review current evidence about the effects of probiotics, prebiotics and symbiotics on the immune development as well as on the prevention of allergic diseases in children. DATA SOURCES: Randomized, double-blind clinical trials in humans published in the last five years, in the Medline database, containing the following keywords: prebiotics (oligosaccharides), probiotics, symbiotics and hypersensitivity. DATA SYNTHESIS: For this review three papers with prebiotics were included, all of them using a mixture of GOS:FOS (9:1) in infant formula for the first months of life; 24 papers with probiotics, where L. rhamnosus GG, B. lactis, L. casei, L. paracasei, L. reuteri, L. acidophilus, B. longum, B. breve and P. freudenreichii sp. were the tested bacterial strains; and two papers about symbiotics. CONCLUSIONS: Although there are some evidence of benefits of early supplementation with some specific probiotic strains, prebiotics and symbiotics for the prevention of atopic eczema in children with high risk of allergy development, and probiotic use for the treatment of IgE-mediated moderate and severe atopic dermatitis, further research is needed in order to extended the evaluation of supplemented individuals, safety aspects and long term effects

OBJETIVO: Avaliar o papel dos probióticos, prebióticos e simbióticos no equilíbrio do sistema imunológico do lactente, bem como seu efeito preventivo no desenvolvimento de doenças alérgicas na criança. FONTE DE DADOS: A partir do levantamento de todos os ensaios clínicos duplo-cegos e randômicos em seres humanos, publicados nos últimos cinco anos na base de dados Medline e que contivessem unitermos relacionados a prebióticos (oligossacarídeos), probióticos e simbióticos versus hipersensibilidade, analisou-se seu papel quanto à utilização em doenças alérgicas. SÍNTESE DE DADOS: Foram incluídos nesta revisão três trabalhos com prebióticos, os quais utilizaram a mistura GOS:FOS (9:1) em fórmulas infantis em lactentes nos primeiros meses de vida; 24 trabalhos com probióticos, sendo os micro-organismos utilizados na suplementação L. rhamnosus GG, B. lactis, L. casei, L. paracasei, L. reuteri, L. acidophilus, B. longum, B. breve e P. freudenreichii sp., e dois estudos com simbióticos. CONCLUSÕES: Apesar das evidências de benefícios da suplementação precoce de probióticos com algumas cepas específicas, prebióticos e simbióticos na prevenção da dermatite atópica, em crianças de alto risco para alergias, e do uso de probióticos no tratamento das dermatites atópicas moderadas e graves mediadas por IgE, há necessidade de ampliar os estudos quanto ao tempo de observação dos indivíduos suplementados, quanto à segurança e aos efeitos em longo prazo
Palavra-chave probiotics
oligosaccharides
immune system
hypersensitivity
dermatitis, atopic
probióticos
oligossacarídeos
sistema imunológico
hipersensibilidade
dermatite atópica
Idioma Português
Data de publicação 2010-03-01
Publicado em Revista Paulista de Pediatria. Sociedade de Pediatria de São Paulo, v. 28, n. 1, p. 86-97, 2010.
ISSN 0103-0582 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade de Pediatria de São Paulo
Extensão 86-97
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0103-05822010000100014
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0103-05822010000100014 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/5663

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0103-05822010000100014.pdf
Tamanho: 459.0KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta