Evidence-based non-skeletal actions of vitamin D

Evidence-based non-skeletal actions of vitamin D

Título alternativo Evidências das ações não esqueléticas da vitamina D
Autor Muszkat, Patricia Autor UNIFESP Google Scholar
Camargo, Marilia Brasilio Rodrigues Autor UNIFESP Google Scholar
Griz, Luiz Henrique Maciel Google Scholar
Lazaretti-Castro, Marise Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade de Pernambuco Hospital Agamenon Magalhães Divisão de Endocrinologia
Resumo Vitamin D is a major regulator of mineral homeostasis through its action in the kidney, intestine, bone and parathyroid glands. On these tissues, its active form, calcitriol, acts by binding to a specific nuclear receptor that belongs to the steroid/thyroid hormone receptor family. This receptor, however, has also been identified in several additional human tissues. So, apart from its traditional actions related to calcium, vitamin D and its synthetic analogs are being increasingly recognized for their anti-proliferative, pro-differentiative and immunomodulatory activities. Low levels of vitamin D have been linked to many chronic diseases. Decreased muscle function and increased fall risk in elderly people; prostate, breast and colorectal cancers; diabetes mellitus; and other health problems have been associated to low circulating levels of 25-hydroxyvitamin D. This paper presents an overview of the available scientific evidence for the non-calcemic actions of vitamin D in humans.

A vitamina D é um importante regulador da homeostase mineral por meio de sua ação nos rins, no intestino, nos ossos e nas glândulas paratireoides. Nesses tecidos, sua forma ativa, o calcitriol, atua ligando-se a um receptor nuclear específico, pertencente à família de receptores dos hormônios esteroides e tireoidianos. Contudo, esse receptor também foi identificado em outros tecidos humanos. Assim, além de suas ações tradicionais, relacionadas ao metabolismo do cálcio, a vitamina D e análogos sintéticos estão, cada vez mais, sendo reconhecidos por seus efeitos antiproliferativos, pró-diferenciação e imunomodulatórios. Baixas concentrações séricas de vitamina D têm sido associadas a várias doenças crônicas. Redução da função muscular e aumento do risco de quedas em idosos; câncer de próstata, mama e colorretal; diabetes melito; e outros problemas de saúde têm sido associados a concentrações circulantes baixas de 25-hidroxivitamina D. Este trabalho apresenta uma visão geral sobre as evidências científicas disponíveis das ações não calcêmicas da vitamina D em humanos.
Palavra-chave Vitamin D
metabolism
deficiency
cancer
muscle strength
calcium
Vitamina D
metabolismo
deficiência
câncer
força muscular
cálcio
Idioma Inglês
Data de publicação 2010-03-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia. Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, v. 54, n. 2, p. 110-117, 2010.
ISSN 0004-2730 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia
Extensão 110-117
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27302010000200005
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000277526000005
SciELO S0004-27302010000200005 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/5648

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-27302010000200005.pdf
Tamanho: 720.6KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta