Hipertrofia ventricular esquerda em pacientes com doença renal crônica em tratamento conservador

Hipertrofia ventricular esquerda em pacientes com doença renal crônica em tratamento conservador

Título alternativo Left ventricular hypertrophy in patients with chronic kidney disease under conservative treatment
Autor Bregman, Rachel Google Scholar
Lemos, Carla Google Scholar
Pecoits Filho, Roberto Google Scholar
Abensur, Hugo Google Scholar
Draibe, Sergio Antonio Autor UNIFESP Google Scholar
Bastos, Marcus Gomes Google Scholar
Canziani, Maria Eugênia Fernandes Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Pontifícia Universidade Católica do Paraná Centro de Ciências Biológicas e da Saúde
Universidade de São Paulo (USP)
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade Federal de Juiz de Fora
Resumo Cardiovascular disease (CVD) remains the major cause of death in patients with chronic kidney disease (CKD). Left ventricular hypertrophy (LVH) is present in 75% of patients starting dialysis, suggesting that LVH might be present from an early stage of CKD. Few studies have addressed the predialysis prevalence of LVH. This study evaluated 309 clinically stable patients under treatment for at least three months at five Brazilian centers. Biochemical profile and inflammatory markers were assessed. Data were shown as mean ± SD. Left ventricular hypertrophy was present in 53% of the patients, whose mean age was 60 ± 13years. The mean age of those without LVH was 55 ± 14 years. Diabetes mellitus was the underlying disease in 35% of the patients in both groups. Estimated glomerular filtration rate was 30 ± 11 and 32 ± 12 mL/min for patients with and without LVH, respectively (p = 0.19). The distribution of patients showed that 60% of those with LVH were in stage 4. Multivariate logistic regression analysis indicated the following independent determinants for LVH: age (p < 0.001); calcium (p < 0.001); hemoglobin (p < 0.048); and diastolic blood pressure (p < 0.001). Systolic blood pressure, lipids, and inflammatory markers showed no correlation with LVH. In conclusion, the incidence of LVH was high even among patients under conservative treatment, and, except for age, LVH correlated with reversible factors. The need for strictly diagnosing CKD and preventing LVH in the predialysis phase is emphasized to decrease mortality due to CVD in that population.

A doença cardiovascular (DCV) permanece sendo uma das maiores causas de morte em pacientes com doença renal crônica (DRC). A hipertrofia ventricular esquerda (HVE) está presente em 75% dos pacientes ao iniciarem diálise, sugerindo que esta deve estar presente precocemente no curso da DRC. Poucos estudos avaliaram a prevalência de HVE na pré-diálise. Foram avaliados 309 pacientes clinicamente estáveis em acompanhamento por pelo menos três meses em cinco Centros no Brasil. Perfil bioquímico e marcadores inflamatórios foram avaliados. Dados são apresentados como media ± DP. Observamos que a HVE esteve presente em 53% dos pacientes, idade = 60 ± 13 anos, e 55 ± 14 anos para aqueles sem HVE. Diabetes mellitus como doença de base esteve presente em 35% dos pacientes em ambos os grupos. Filtração glomerular estimada foi 30 ± 11 e 32 ± 12 mL/min para pacientes com HVE e sem, respectivamente (p = 0,19). A distribuição de pacientes mostrou que 60% com HVE se encontravam no estágio 4. Análise logística multivariada mostrou que eram determinantes independentes para HVE: idade (p < 0,001), cálcio (p < 0,001), hemoglobina (p < 0,048) e pressão arterial diastólica (p < 0,001). Pressão arterial sistólica, lipídeos e marcadores inflamatórios não se correlacionaram com a HVE. Em conclusão, a incidência de HVE foi alta mesmo entre pacientes sob tratamento especializado e com exceção da idade, a HVE se correlacionou com fatores reversíveis. Alertamos para a necessidade do diagnóstico da DRC e prevenção da HVE na pré-diálise de forma rigorosa para diminuir a mortalidade decorrente de DCV nesta população.
Palavra-chave chronic kidney failure
left ventricular hypertrophy
therapy
insuficiência renal crônica
hipertrofia ventricular esquerda
terapêutica
Idioma Português
Data de publicação 2010-03-01
Publicado em Jornal Brasileiro de Nefrologia. Sociedade Brasileira de Nefrologia, v. 32, n. 1, p. 85-90, 2010.
ISSN 0101-2800 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Nefrologia
Extensão 85-90
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0101-28002010000100014
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0101-28002010000100014 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/5622

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0101-28002010000100014.pdf
Tamanho: 518.7KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta