Uma aproximação sobre o conceito de psicose, segundo Freud e Lacan

Uma aproximação sobre o conceito de psicose, segundo Freud e Lacan

Author Tulio, Lygia Spinelli Flores de Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Lourenço, Lara Cristina d'Avila Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Abstract Abordamos neste trabalho, através de revisão bibliográfica e análise epistemológica, as teorias de Freud e de Lacan sobre a psicose. A bibliografia primária dessa abordagem consistiu nos textos “Observações psicanalíticas sobre um caso de paranoia relatado em autobiografia” (1911/2010), de Freud, e O seminário, livro 3: as psicoses (1955 1956/2002), de Lacan. Memórias de um doente dos nervos (Schreber,1903/1995) serviu como paradigma para tal análise, na qual é destacada a gênese desse quadro clínico, notan do o mecanismo de defesa que o particulariza, e os fenômenos que lhe são característicos. Para ambos os autores, Freud e Lacan, essa condição psíquica manifesta se em fenômenos de linguagem típicos, e em conteúdos delirantes e alucinatórios, cujos sentidos são relativos ao complexo de Édipo. Tanto Freud, quanto Lacan, entendem a psicose como uma organização subjetiva, a qual implica relações particulares com a alteridade. Os mecanismos de defesa específicos dessa afecção acarretariam falhas ou carência da c apacidade simbólica, o que se manifestaria em delírios, alucinações e um modo peculiar de discurso.

We approach this work trought literature review and epistemological analysis, theories of Freud and Lacan on psychosis. The primary bibliography this approach consisted in the texts "Psychoanalytic observations about a case of paranoia reported in autobiography" (1911/2010), Freud, and “The seminar, book 3: the psychoses” (1955-1956/2002), of Lacan. “Memories of a sick nerves” (Schreber, 1903/1995) served as a paradigm for such analysis, in which is the genesis of this clinical picture, noting the defense mechanism that identifies, and its phenomenals’ characteristics. For both authors, Freud and Lacan, this psychic condition manifests itself in phenomenals of typical language, and delusional content and hallucinatory, whose directions are relative to the Édipo complex. Both Freud and Lacan understand psychosis as a subjective organization, which involves particular relations with otherness. The specific defense mechanisms of this affection would bring about deficiencies or lack of symbolic capacity, which would be manifested in delusions, hallucinations and a peculiar mode of discourse
Keywords Psicose
Paranoia
Psicanálise
Freud
Lacan
Psychosis
Paranoia
Psychoanalysis
Freud
Lacan
xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-coverage ISS
Language Portuguese
Date 2016-11-28
Published in TULIO, Lygia Spinelli Flores de. Uma aproximação sobre o conceito de psicose, segundo Freud e Lacan. 2016. 46 f. Trabalho de conclusão de curso de graduação (Psicologia) - Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2016.
Knowledge area Promoção da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 46 f.
Access rights Closed access
Type Trabalho de conclusão de curso de graduação
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/56209

Show full item record




File

Name: TCC Lygia Flores de Tulio.pdf
Size: 805.7Kb
Format: PDF
Description: TCC
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account