A specific bioelectrical impedance equation to predict body composition in Turner's syndrome

A specific bioelectrical impedance equation to predict body composition in Turner's syndrome

Título alternativo Uma equação de bioimpedanciometria específica para predição de composição corporal na síndrome de Turner
Autor Guedes, Alexis Dourado Autor UNIFESP Google Scholar
Bianco, Bianca Alves Vieira Autor UNIFESP Google Scholar
Lipay, Mônica Vannucci Nunes Autor UNIFESP Google Scholar
Callou, Emmanuela Q. Autor UNIFESP Google Scholar
Lazaretti-Castro, Marise Autor UNIFESP Google Scholar
Verreschi, Ieda Therezinha do Nascimento Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo INTRODUCTION: Cardiovascular disease is one of the main causes for Turner syndrome (TS) mortality and the evaluation of its risk factors such as excess body fat and its distribution is considered one of the major aspects of the adult patient care. OBJECTIVE: To develop and validate a specific bioelectrical impedance analysis (BIA) equation to predict body composition in TS patients. SUBJECTS AND METHODS: Clinical and anthropometric data, dual-energy X-ray absorptiometry (DXA) for total fat-free mass (FFM) and BIA for resistance and reactance were obtained from 50 adult TS patients. Linear regression analysis was performed with multiple clinical and BIA data to obtain a predicting equation. RESULTS: The equation developed to estimate FFM in adult TS patients showed great consistency with DXA, elevated correlation (r = 0. 974) and determination (r² = 0. 948) coefficients and an adequate standard error estimate (SEE = 1.52 kg). CONCLUSIONS: The specific equation developed here allowed making an adequate FFM estimate in adult TS patients.

INTRODUÇÃO: A doença cardiovascular é uma das principais causas de mortalidade na síndrome de Turner (ST) e a avaliação de seus fatores de risco, como excesso e distribuição de gordura corporal, é considerada uma das principais metas da assistência às pacientes adultas. OBJETIVO: Desenvolver e validar uma equação de análise por bioimpedanciometria específica para estimar massa magra na ST. SUJEITOS E MÉTODOS: Foram obtidos dados clínicos, antropométricos, densitometria para massa magra total e bioimpedanciometria para resistência e reactância de 50 mulheres adultas com ST. Para obter uma equação preditora, foi realizada análise de regressão linear com múltiplos dados clínicos e da bioimpedanciometria. RESULTADOS: A equação desenvolvida para estimar massa magra na ST demonstrou grande concordância com a densitometria, elevados coeficientes de correlação (r = 0,974) e determinação (r² = 0,948) e um adequado erro padrão da estimativa (SEE = 1,52 kg). CONCLUSÕES: A equação desenvolvida possibilitou uma adequada estimativa da massa magra em adultas com ST.
Palavra-chave Turner syndrome
body composition
densitometry
electric impedance
Síndrome de Turner
composição corporal
densitometria
impedância elétrica
Idioma Inglês
Financiador Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
Data de publicação 2010-02-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia. Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, v. 54, n. 1, p. 24-29, 2010.
ISSN 0004-2730 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia
Extensão 24-29
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27302010000100005
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-27302010000100005 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/5596

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-27302010000100005.pdf
Tamanho: 423.9KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta