Analysis of the stimulated whole saliva in overweight and obese school children

Analysis of the stimulated whole saliva in overweight and obese school children

Título alternativo Análise da saliva total estimulada em escolares com sobrepeso e obesos
Autor Pannunzio, Eliana Google Scholar
Amancio, Olga Maria Silverio Autor UNIFESP Google Scholar
Vitalle, Maria Sylvia de Souza Autor UNIFESP Google Scholar
Souza, Douglas Nesadal de Google Scholar
Mendes, Fausto Medeiros Google Scholar
Nicolau, José Google Scholar
Instituição Universidade São Francisco
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade de São Paulo (USP)
Resumo OBJECTIVE: To determine if some stimulated whole saliva parameters are influenced by an increase of Body Mass Index. METHODS: Controlled cross-sectional study involving 90 school children of both genders between 7 and 10 years of age, from Bragança Paulista - SP. Three groups were formed: overweight, obese and control. Body Mass Index and diet intake by the Food Register method were evaluated. The salivary pH, flow rate, buffer capacity, protein, phosphate, calcium, fluoride, total and free sialic acid, and peroxidase activity were determined. RESULTS: The overweight and obese groups showed greater energy and lipid intake (P< 0.001) than the control group. There was no difference in the saliva flow rate between groups, however only the control group showed a mean value considered normal. In the overweight and obese groups a decrease in both the concentration of phosphate (P< 0.001) and peroxidase activity (P<0.001) was observed. In the obese group an increase in the concentrations of free sialic acid (P= 0.004) and protein (P= 0.003) occurred. CONCLUSION: Overweight and obese children show alterations in the concentrations of phosphate, free sialic acid and proteins, and in the peroxidase activity that are favorable conditions for dental caries.

OBJETIVO: Verificar se alguns parâmetros da saliva total estimulada são influenciados pelo aumento do Índice de Massa Corporal. MÉTODOS: Estudo transversal controlado com 90 escolares, de ambos os sexos, de 7 a 10 anos incompletos de Bragança Paulista, SP, formando três grupos: sobrepeso, obeso e controle. Avaliou-se o Índice de Massa Corporal (P/E2) e a ingestão dietética pelo registro alimentar. Na saliva foram avaliados o fluxo, pH, capacidade tampão e concentrações de proteína, fósforo, cálcio, flúor, ácido siálico livre e total e atividade da peroxidase. RESULTADOS: Nos grupos sobrepeso e obeso houve maior consumo de energia e lipídios (P<0,001). Não houve diferença no fluxo salivar entre todos os grupos, mas somente o controle mostrou valor médio considerado normal. O pH salivar do grupo sobrepeso foi maior do que o do controle (P<0,001). Nos grupos sobrepeso e obeso houve decréscimo na concentração de fosfato (P<0,001) e na atividade da peroxidase (P<0,001). No grupo obeso houve aumento nas concentrações de ácido siálico livre (P= 0,004) e proteína (P= 0,003). CONCLUSÃO: Crianças com sobrepeso e obesas apresentam alterações nas concentrações salivares de fosfato, ácido siálico livre e proteínas e na atividade da peroxidade, as quais favorecem a formação de cárie dentária.
Palavra-chave Saliva
Obesity
Child
Saliva
Obesidade
Criança
Idioma Inglês
Data de publicação 2010-01-01
Publicado em Revista da Associação Médica Brasileira. Associação Médica Brasileira, v. 56, n. 1, p. 32-36, 2010.
ISSN 0104-4230 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Associação Médica Brasileira
Extensão 32-36
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0104-42302010000100012
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000275163600011
SciELO S0104-42302010000100012 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/5531

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0104-42302010000100012.pdf
Tamanho: 400.5KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta