Biopharmaceutical industry-sponsored global clinical trials in emerging countries

Biopharmaceutical industry-sponsored global clinical trials in emerging countries

Título alternativo Ensaios clínicos globais patrocinados pela indústria biofarmacêutica em países emergentes
Autor Alvarenga, Lenio Souza Google Scholar
Martins, Elisabeth Nogueira Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Laboratório Pfizer
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE: To evaluate biopharmaceutical industry-sponsored clinical trials placed in countries previously described as emerging regions for clinical research, and potential differences for those placed in Brazil. METHODS: Data regarding recruitment of subjects for clinical trials were retrieved from www.clinicaltrials.gov on February 2nd 2009. Proportions of sites in each country were compared among emerging countries. Multiple logistic regressions were performed to evaluate whether trial placement in Brazil could be predicted by trial location in other countries and/or by trial features. RESULTS: A total of 8,501 trials were then active and 1,170 (13.8%) included sites in emerging countries (i.e., Argentina, Brazil, China, Czech Republic, Hungary, India, Mexico, Poland, Russia, South Korea, and South Africa). South Korea and China presented a significantly higher proportion of sites when compared to other countries (p<0.05). Multiple logistic regressions detected no negative correlation between placement in other countries when compared to Brazil. Trials involving subjects with less than 15 years of age, those with targeted recruitment of at least 1,000 subjects, and seven sponsors were identified as significant predictors of trial placement in Brazil. CONCLUSION: No clear direct competition between Brazil and other emerging countries was detected. South Korea showed the higher proportion of sites and ranked third in total number of trials, appearing as a major player in attractiveness for biopharmaceutical industry-sponsored clinical trials.

OBJETIVO: Avaliar ensaios clínicos patrocinados pela indústria biofarmacêutica alocados em países previamente definidos como emergentes em pesquisa clínica e possíveis diferenças naqueles alocados no Brasil. MÉTODOS: Dados de ensaios clínicos recrutando pacientes foram obtidos (www.clinicaltrials.gov) em 2 de fevereiro de 2009. As proporções de centros em cada país foram comparadas entre os países emergentes. Regressões logísticas múltiplas foram realizadas para avaliar a alocação do ensaio em outros países emergentes e as características do ensaio como preditores da presença de algum centro no Brasil RESULTADOS: No total, 8.501 ensaios clínicos estavam ativos à época, e 13,8% destes (N=1.170) incluíam centros em países emergentes (i.e., Argentina, Brasil, China, República Tcheca, Hungria, Índia, México, Polônia, Rússia, Coreia do Sul, e África do Sul). Coreia do Sul e China apresentaram uma proporção de centros significativamente superior aos outros países (p<0,05). Não se detectou correlação negativa na alocação de ensaios no Brasil quando comparada com outros países. Ensaios envolvendo sujeitos com idade menor que 15 anos, com o recrutamento planejado de pelo menos 1.000 sujeitos e sete patrocinadores, foram identificados como preditores significativos da alocação de centros no Brasil. CONCLUSÃO: Não se detectou competição direta entre o Brasil e outro país emergente. A Coreia do Sul apresentou a maior proporção de centros e foi o terceiro país em número total de ensaios, demonstrando ser um importante país em termos de atratividade para ensaios clínicos patrocinados pela indústria biofarmacêutica.
Palavra-chave Clinical trials as topic
Drug industry
Developing countries
Ensaios clínicos como assunto
Indústria farmacêutica
Países em desenvolvimento
Idioma Inglês
Data de publicação 2010-01-01
Publicado em Revista da Associação Médica Brasileira. Associação Médica Brasileira, v. 56, n. 4, p. 428-433, 2010.
ISSN 0104-4230 (Sherpa/Romeo)
Publicador Associação Médica Brasileira
Extensão 428-433
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0104-42302010000400015
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0104-42302010000400015 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/5450

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0104-42302010000400015.pdf
Tamanho: 472.7KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta