Efeitos da utilização de prebióticos (oligossacarídeos) na saúde da criança

Efeitos da utilização de prebióticos (oligossacarídeos) na saúde da criança

Título alternativo Effects of prebiotics (oligosaccharides) use on child's health
Autor Millani, Elisabete Google Scholar
Konstantyner, Tulio Autor UNIFESP Google Scholar
Taddei, Jose Augusto de Aguiar Carrazedo Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE: To evaluate the use of prebiotics (oligosaccharides) in child health, their applications and possible mechanisms of action. DATA SOURCE: The articles for this review were electronically selected from the Biblioteca Regional de Medicina (Bireme) virtual library database, which includes Lilacs, Medline and SciELO databases. Search included articles on the subject from 1998 to 2008 comprising children up to 12 years old. DATA SYNTHESIS: The prebiotic oligosaccharides in food products provided beneficial effects that included increase in total number of bifidobacteria, reduction in the number of pathogenic intestinal microorganisms; improvement of excrement consistency and in the frequency of evacuations These effects suggest their recommendation for constipated children. Beneficial results were verified in several studies concerning the reduction of allergies development, respiratory infections, fever, irritability, flatulence, diarrhea, regurgitation, vomits, colic, cry and use of antibiotics, with improvement of fermentation characteristics of fatty acids and fecal pH. Nevertheless, the number of studies found indicates the need for further investigation. Studies on calcium absorption were contradictory. Concerning tolerance, it is impossible to verify the safety of these products due to the use of diverse quantities of supplement for children from different age ranges and clinical characteristics CONCLUSIONS: Although prebiotics seem promising and provide beneficial effects in certain situations, they deserve further investigation to evaluate their actual efficacy and safety on immediate and long term conditions, in order to confirm the absence of harmful consequences for children's health.

OBJETIVO: Avaliar os efeitos da utilização de prebióticos (oligossacarídeos) na saúde da criança, suas aplicações e os possíveis mecanismos envolvidos. FONTES DE DADOS: Os artigos para esta revisão foram selecionados das bases de dados virtuais de saúde da Biblioteca Regional de Medicina (Bireme), que incluem Lilacs, Medline e SciELO. Foram pesquisados artigos entre 1998 e 2008, compreendendo a faixa etária até 12 anos. SÍNTESE DOS DADOS: Os oligossacarídeos prebióticos em produtos alimentares demonstraram efeitos benéficos quanto ao aumento do número total de bifidobactérias, redução do número de microorganismos patogênicos no intestino e melhora da consistência das fezes e frequência das evacuações. Tais efeitos sugerem a recomendação de seu uso em crianças constipadas. Foram verificados resultados benéficos em diversos estudos quanto ao menor desenvolvimento de alergias, infecções respiratórias, febre, irritabilidade, flatulência, diarreia, regurgitação, vômito, cólica e choro, menor uso de antibióticos e melhora nas características de fermentação de ácidos graxos e pH fecal. Entretanto, o número de artigos encontrados aponta para a necessidade de realizar mais investigações. Estudos sobre absorção de cálcio foram contraditórios, não permitindo conclusões definitivas. Quanto à tolerância, foi evidenciado o uso de quantidades diversas de suplemento em crianças de diferentes faixas etárias e características clínicas, impossibilitando identificar a segurança desses produtos. CONCLUSÕES: Apesar dos prebióticos parecerem promissores e oferecerem efeitos benéficos em determinadas situações, alguns aspectos duvidosos devem ser investigados de forma a avaliar o real efeito e segurança de sua utilização em curto e longo prazo, a fim de comprovar a ausência de consequências prejudiciais à saúde da criança.
Palavra-chave oligosaccharides
child health (public health)
dietary supplements
food security
oligossacarídeos
saúde da criança
suplementos dietéticos
segurança alimentar e nutricional
Idioma Português
Data de publicação 2009-12-01
Publicado em Revista Paulista de Pediatria. Sociedade de Pediatria de São Paulo, v. 27, n. 4, p. 436-446, 2009.
ISSN 0103-0582 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade de Pediatria de São Paulo
Extensão 436-446
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0103-05822009000400014
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0103-05822009000400014 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/5394

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0103-05822009000400014.pdf
Tamanho: 335.0KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta