Efeitos agudos da ventilação mecânica com hiperoxia na morfometria do diafragma de ratos

Efeitos agudos da ventilação mecânica com hiperoxia na morfometria do diafragma de ratos

Título alternativo Acute effects of mechanical ventilation with hyperoxia on the morphometry of the rat diaphragm
Autor Lopes, Célia Regina Google Scholar
Sales, André Luis Moreira Google Scholar
Simões, Manuel de Jesus Autor UNIFESP Google Scholar
Angelis, Marco Antonio de Autor UNIFESP Google Scholar
Oliveira, Nuno Miguel Lopes Google Scholar
Instituição Universidade Federal de Uberlândia
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Resumo BACKGROUND: Prolonged mechanical ventilatory support (MVS) combined with high oxygen concentrations has a negative impact on diaphragm function. However, the acute effects of MVS with hyperoxia have not been elucidated. Objective: To analyze the acute effects of mechanical ventilation with hyperoxia on the morphometry of the rat diaphragm. METHODS: An experimental, prospective study was conducted with Wistar rats (weight: 400±20 g), which were randomly allocated to two groups. The control group (n=4) was anesthetized, tracheostomized and kept spontaneously breathing room air for 90 minutes. The experimental group (n=5) was also anesthetized, curarized, tracheostomized and kept in controlled mechanical ventilation for the same amount of time. Both groups were submitted to median thoracotomy for sample collection of costal fibers from the diaphragm muscle, which were sectioned every 5 μm and stained with hematoxylin and eosin for the morphometric study. Independent Student's t tests were employed to investigate differences between groups, with a significance level of p<0.05. RESULTS: There were no signs of acute muscle lesions, however the blood capillaries became dilated in the experimental group. The mean morphometric data related to the maximum cross-sectional diameter of the diaphragm costal fibers were 61.78 ±17.79 µm and 70.75±9.93 µm (p=0.045) for the control and experimental groups, respectively. CONCLUSIONS: Short-term mechanical ventilation with hyperoxia led to significant microvascular and muscle changes, which may reflect the onset of an inflammatory process.

CONTEXTUALIZAÇÃO: A asssistência ventilória mecânica (AVM) prolongada associada a altas frações de oxigênio produz impacto negativo na função diafragmática. No entanto, não são claros os efeitos agudos da AVM associada a altas frações de oxigênio em pulmões aparentemente sadios. OBJETIVO: Analisar os efeitos agudos da ventilação mecânica com hiperóxia na morfometria do diafragma de ratos. Métodos: Estudo experimental prospectivo, com nove ratos Wistar, com peso de 400±20 g, randomizados em dois grupos: controle (n=4), anestesiados, traqueostomizados e mantidos em respiração espontânea em ar ambiente por 90 minutos e experimental (n=5), também anestesiados, curarizados, traqueostomizados e mantidos em ventilação mecânica controlada pelo mesmo tempo. Foram submetidos à toracotomia mediana para coleta da amostra das fibras costais do diafragma que foram seccionadas a cada 5 μm e coradas pela hematoxilina e eosina para o estudo morfométrico. Para a análise estatística, foi utilizado o teste t de Student não pareado, com nível de significância de p<0,05. RESULTADOS: Não foram encontrados sinais indicativos de lesão muscular aguda, porém observou-se dilatação dos capilares sanguíneos no grupo experimental. Os dados morfométricos do diâmetro transverso máximo da fibra muscular costal foram em média de 61,78±17,79 µm e de 70,75±9,93 µm (p=0,045) nos grupos controle e experimental respectivamente. CONCLUSÃO: A ventilação mecânica de curta duração com elevada concentração de O2 produziu marcantes alterações microvasculares e musculares, podendo refletir o início do processo inflamatório.
Palavra-chave mechanical ventilation
hyperoxia
morphometric analysis
diaphragm
rats
ventilação mecânica
hiperóxia
análise morfométrica
diafragma
ratos
Idioma Português
Data de publicação 2009-12-01
Publicado em LOPES, Célia Regina et al . Efeitos agudos da ventilação mecânica com hiperoxia na morfometria do diafragma de ratos. Rev. bras. fisioter., São Carlos , v. 13, n. 6, p. 487-492, dez. 2009
ISSN 1413-3555 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-Graduação em Fisioterapia
Extensão 487-492
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1413-35552009000600004
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000274012600004
SciELO S1413-35552009000600004 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/5384

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1413-35552009000600004.pdf
Tamanho: 1.039MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: S1413-35552009000600004-pt.pdf
Tamanho: 559.3KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta