Efeito de diferentes sessões agudas de exercícios físicos na pressão arterial clínica e ambulatorial de idosos hipertensos

Efeito de diferentes sessões agudas de exercícios físicos na pressão arterial clínica e ambulatorial de idosos hipertensos

Author Scudeler, Luiz Henrique Piccin Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Medeiros, Alessandra Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Abstract Introdução: Associado a maus hábitos comportamentais, como alimentação inadequada, estilo de vida sedentário e dependência química, o envelhecimento populacional traz como consequência o aumento da prevalência de doenças crônicas, entre elas a hipertensão arterial. Objetivo: Tendo em vista os benefícios trazidos pela prática regular de exercícios físicos, este estudo teve como objetivo analisar os possíveis efeitos de diferentes sessões agudas de exercício físico sobre a pressão arterial clínica e ambulatorial. Métodos: Quatro mulheres idosas hipertensas foram submetidas a quatro sessões agudas distintas de exercícios físicos: sessão controle, na qual era composta por 50 minutos de repouso sentado; sessão de exercício aeróbio a 70% da frequência cardíaca máxima, com duração de 50 minutos em esteira rolante; sessão de exercício resistido, com carga de 50% de 1 repetição máxima; sessão de exercício concorrente, que era composta por 25 minutos na esteira rolante, a uma intensidade de 70% da frequência cardíaca máxima e 20 minutos de sessão resistida, a uma intensidade de 50% de 1 repetição máxima. Foram aferidas pressão arterial sistólica, diastólica, média e frequência cardíaca em um momento préexercício e após 20 minutos do seu término. Em seguida, foram instalados os monitores de pressão arterial ambulatorial nos indivíduos a fim de se obter as médias ambulatoriais, nos períodos de vigília e sono, das mesmas variáveis descritas. Resultados: Os achados deste estudo sugerem que as três sessões de exercícios físicos promoveram o efeito hipotensor pósexercício. Observamos o efeito hipotensor nos valores clínicos e ambulatoriais da pressão arterial, após sessões de exercício aeróbio e resistido. Já após a sessão de exercícios concorrente, observamos apenas o fenômeno hipotensor nas médias ambulatoriais da pressão arterial. Conclusão: Após este estudo, sugerimos que a prática de exercícios aeróbios, resistidos e concorrentes é uma importante estratégia para reduzir valores de pressão arterial em idosas hipertensas. Assim sendo, o exercício físico é um coadjuvante para o tratamento, prevenção da hipertensão arterial.

Introduction: Aging associated with bad behavioral habits as unhealthy diet, sedentary lifestyle and chemical addiction results in increased prevalence of chronic diseases, including hypertension. Objective: Considering the benefits brought by regular exercise, the aim of this study is to examine the possible effects that different acute bouts of physical exercise on clinic and ambulatory blood pressure. Methods: Four elderly women with hypertension were submitted to four separate sessions of acute exercise: control session in which it was composed of 50 minutes of sitting rest; aerobic exercise session, bout at 70% of maximum heart rate, lasting 50 minutes on a treadmill; resistance exercise session, with a load of 50% of 1 repetition maximum; concurrent exercise session consisted of 25 minutes on the treadmill at an intensity of 70% of maximum heart rate and a 20-minute session resisted at an intensity of 50% 1 repetition maximum. Were measured systolic, diastolic, mean blood pressure and heart rate at a time pre-exercise and 20 minutes after its end. Afterwards, the ambulatory blood pressure monitors were installed in the individuals in order to get the ambulatory mean of the same variables described. Results: The findings of this study suggest that the resisted and aerobic exercise sessions promoted a hypotensive effect on the clinical and ambulatory blood pressure values. However, on the concurrent exercise bout the hypotensive effect was only observed on the ambulatory value of the blood pressure. Conclusion: We suggest that aerobic, resisted and concurrent exercise is a key strategy for reducing blood pressure in hypertensive elderly. Therefore, physical exercise is an adjunct to treatment and prevention of arterial hypertension
Keywords Hipertensão arterial
MAPA
Exercício físico resistido
Exercício físico concorrente
Exercício físico aeróbio
Hipotensão pós-exercício
Hypertension
ABPM
Concurrent exercise
Resisted exercise
Aerobic exercise
Post-exercise hypotension
xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-coverage ISS
Language Portuguese
Date 2010-12-15
Published in SCUDELER, Luiz Henrique Piccin. Efeito de diferentes sessões agudas de exercícios físicos na pressão arterial clínica e ambulatorial de idosos hipertensos. 2010. 57 f. Trabalho de conclusão de curso de graduação (Educação Física) - Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2010.
Knowledge area Promoção da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 57 f.
Access rights Open access Open Access
Type Trabalho de conclusão de curso de graduação
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/53708

Show full item record




File

Name: LUIZ SCUDELLER.pdf
Size: 2.948Mb
Format: PDF
Description: TCC
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account