Sobre lembranças encobridoras (1899)

Sobre lembranças encobridoras (1899)

Alternative title Über Deckerinnerungen
Author Freud, Sigmund Google Scholar
Carone, André (trad.) Autor UNIFESP Google Scholar
Description Apresentação, tradução e notas de André Carone
Abstract Em setembro de 1899, dois meses antes que fosse lançada A interpretação dos sonhos, uma revista médica publicou este artigo no qual Sigmund Freud busca uma resposta para a pergunta: por que a nossa memória costuma registrar lembranças infantis que parecem ser banais e sem qualquer importância? Ao lado de algumas considerações gerais a respeito da psicologia da memória e do método psicanalítico que ele mesmo havia recém criado, Freud investiga em detalhe a lembrança infantil de um homem de trinta e oito anos de idade2, que recorda uma cena na qual ele colhia flores amarelas (“dentes-de-leão”) ao lado de um primo e de uma prima quando teria apenas dois ou três anos de idade, para formular a partir desta análise o conceito de “lembranças encobridoras”. Ao final deste texto encontra-se um conjunto de notas que podem ser consultadas por psicanalistas ou leitores que queiram algum esclarecimento a respeito desta versão para o português.
Keywords Freud
Psicanálise
Tradução
xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-coverage Guarulhos
Language Portuguese
Date 2020
Extent 23 p.
Access rights Open access Open Access
Type Preprint
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/53343

Show full item record




File

Name: LEMBRANÇAS ENCOBRIDORAS Trad. A. Carone.pdf
Size: 766.9Kb
Format: PDF
Description:
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account