Análise de diferentes métodos de diagnóstico da sarcopenia em comparação ao padrão ouro

Show simple item record

dc.contributor.advisor Gonçalves, Daniela Caetano [UNIFESP]
dc.contributor.author Viviani, Isabela de Castro [UNIFESP]
dc.coverage.spatial ISS pt_BR
dc.date.accessioned 2020-04-24T13:09:45Z
dc.date.available 2020-04-24T13:09:45Z
dc.date.issued 2019-12-03
dc.identifier.citation VIVIANI, Isabela de Castro. Análise de diferentes métodos de diagnóstico da sarcopenia em comparação ao padrão ouro. 2019. 16 f. Trabalho de conclusão de curso de graduação (Nutrição) - Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2019. pt
dc.identifier.uri https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/53325
dc.description.abstract Resumo: A sarcopenia impacta diretamente na qualidade de vida dos idosos. Sua detecção pode advir de suspeita clínica ou pelo resultado do SARC-F. Quando o resultado é positivo, a força muscular é avaliada pelo teste de preensão manual. Quando se detecta força muscular reduzida, a quantidade de massa muscular é avaliada e pode-se confirmar o diagnóstico. O baixo desempenho físico classifica a doença quanto à severidade. Diante da necessidade do diagnóstico da doença, o objetivo deste estudo é verificar se os diferentes métodos existentes são tão eficazes quanto o padrão ouro, o DEXA. Para isso, 21 idosos voluntários foram avaliados utilizando o DEXA, a bioimpedância, a circunferência da panturrilha, a circunferência muscular do braço, o teste de preensão manual e de marcha e os questionários SARC-F e SarQol. As médias de IMC, estatura, SARC-F e SarQol foram as que apresentaram maiores diferenças entre os sexos. As variáveis BIA e DEXA, BIA e CP e CMB e CP apresentaram correlações fortes entre si. DEXA e CMB e DEXA e CP tiveram correlações moderadas. Os questionários obtiveram correlações fracas ou desprezíveis com todas as variáveis e fortes apenas entre si, possivelmente pela baixa sensibilidade do SARC-F e pelo número de questões do SarQol. Diante destes resultados e da literatura consultada, conclui-se que os questionários podem ser ineficientes para diagnóstico, principalmente precocemente, mas a CP e a BIA mostraram-se eficientes ao serem comparadas com o DEXA. Palavras-chave: sarcopenia, diagnóstico, métodos, DEXA, avaliação. pt_BR
dc.format.extent 16 f. pt_BR
dc.language por pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) pt_BR
dc.rights Acesso restrito pt_BR
dc.subject Sarcopenia pt_BR
dc.subject Diagnóstico pt_BR
dc.subject Métodos pt_BR
dc.subject DEXA pt_BR
dc.subject Avaliação pt_BR
dc.title Análise de diferentes métodos de diagnóstico da sarcopenia em comparação ao padrão ouro pt_BR
dc.type Trabalho de conclusão de curso de graduação pt_BR
dc.contributor.institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
unifesp.campus Instituto de Saúde e Sociedade (ISS) pt_BR
unifesp.knowledgeArea Nutrição pt_BR
dc.contributor.authorLattes http://lattes.cnpq.br/1070788827749048 pt_BR
dc.contributor.advisorLattes http://lattes.cnpq.br/5735514073305152 pt_BR
unifesp.departamento Saúde, Clínica e Instituições pt_BR
unifesp.graduacao Nutrição pt_BR



File

Name: IsabelaViviani TCC2 nutricao 2019.pdf
Size: 1.308Mb
Format: PDF
Description: TCC
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search


Browse

Statistics

My Account