Efeito do treinamento físico de hidroginástica na pressão arterial e aptidão física de adultos hipertensos

Efeito do treinamento físico de hidroginástica na pressão arterial e aptidão física de adultos hipertensos

Author Fraga, Vanessa Matos Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Medeiros, Alessandra Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Abstract O exercício físico é considerado um importante adjuvante na prevenção e no tratamento da hipertensão arterial sistêmica (HAS) e de outros fatores de risco cardiovascular. A hidroginástica é uma modalidade muito procurada tanto como forma de reabilitação quanto como forma de promoção de saúde, todavia, na literatura são poucos estudos potenciais e conclusivos, referentes à melhora da HAS decorrente do condicionamento físico com a hidroginástica. Dessa forma, esse trabalho tem como objetivo principal avaliar os efeitos do treinamento de hidroginástica na pressão arterial e na aptidão física de adultos hipertensos e como objetivos específicos avaliar a qualidade do sono e a presença de apneia durante o sono. Foram avaliados vinte e um indivíduos hipertensos, sedentários, controlados por medicamentos, de ambos os sexos (30 a 59 anos). Foi realizado um treinamento de hidroginástica de 13 semanas, três vezes por semana, duração de 50 minutos, intensidade moderada e temperatura da piscina entre 28° e 30°. Em todas as sessões foi realizada aferição da pressão arterial e utilizada a escala subjetiva de esforço BORG adaptada (0 a 10). Pré e pós - treinamento foi realizado a mensuração da estatura, peso, perímetros da cintura e do quadril (RC/Q), bateria de testes para aptidão funcional da American Alliance for Health, Physical Education, Recreation and Dance e questionários como: índice de qualidade de sono de PITTSBURG, questionário internacional de atividade física – IPAQ (versão curta) e questionário clínico de Berlin. Os dados foram representados na forma de média ± desvio padrão da média e comparados entre os momentos pré e pós-treinamento por meio do teste T de Student dependente. Para todas as análises foi adotado como nível de significância p ≤ 0,05. Verificou-se redução significativa na pressão arterial sistólica (pré: 136,67 ± 9,66; pós: 126,19 ± 4,98 mmHg) e pressão arterial diastólica (pré: 79,52 ± 6,69; pós: 77,62 ± 6,25 mmHg). Houve aumento significativo de força e resistência muscular (pré: 17,33 ± 4,92; pós: 21,81 ± 4,13 repetições), resistência aeróbia (pré: 8,72 ± 1,06; pós: 7,75 ± 0,64 minutos), coordenação (pré: 8,16 ± 1,59; pós: 7,08 ± 1,92 min), agilidade e equilíbrio dinâmico (pré: 22,06 ± 2,49; pós: 21,40 ± 2,55 minutos) e flexibilidade (pré: 21,71 ± 10,43; pós: 23,81 ± 8,44 cm). Não houve diferença significativa nas seguintes variáveis: massa corporal, perímetros da cintura e quadril. De acordo com o questionário IPAQ (versão curta) todos os voluntários passaram da condição de irregularmente ativo para ativo ou muito ativo. Com relação à apneia do sono, houve redução da probabilidade de apneia do sono. Já quanto aos dados da qualidade do sono, houve piora comparando os períodos pré e pós treinamento. Conclusão: O treinamento de hidroginástica de 13 semanas reduziu a pressão arterial sistólica e diastólica e melhorou significantemente as variáveis de aptidão funcional, reduziu a alta probabilidade de apneia de sono e reduziu a qualidade do sono dos voluntários da pesquisa.

Physical activities, considered an important adjunct in the prevention and treatment of systemic arterial hypertension and other cardiovascular risk factors. The hydro gymnastic is a really sought sport, as a way of rehabilitation and as a way of promoting health. However, in the literature, there are few potential and conclusive studies regarding the improvement of hypertension resulting from physical fitness to hydro gymnastics. Under these circumstances, this work aims to evaluate the effects of hydro gymnastics training on blood pressure and physical fitness in hypertensive adults, and as specific goals, assessing sleep quality and the presence of sleep apnea. Twenty-one hypertensive sedentary individuals, controlled by drugs, both sexes (30-59 years), were evaluated. A water aerobic training was performed for 13 weeks, three times a week, lasting 50 minutes with moderate intensity and pool temperature between 28°C and 30°C (82,4°F and 86°F). In all the blood pressure measurement sessions performed an adapted BORG scale of subjective effort was used (0-10). Pre and post training, the measurement of height, weight, waist and hip were performed; battery of tests for functional fitness of the American Alliance for Health, Physical Education, Recreation and Dance and questionnaires such as: PITTSBURG sleeping quality index, international physical activity Questionnaire - IPAQ (short version) - and Berlin clinical questionnaire. The data were expressed as average ± standard deviations and compared between pre and post training through the dependent Student t test. For all the analyzes a significance level of p ≤ 0.05 was adopted. A significant reduction in systolic blood pressure (pre: 136.67 ± 9.66; post: 126.19 ± 4.98 mmHg) and diastolic blood pressure (pre: 79.52 ± 6.69; Post: 77.62 ± 6.25 mmHg) was noticed. There was a significant increase in muscle strength and endurance (pre: 17.33 ± 4.92, post: 21.81 ± 4.13 repetitions), aerobic endurance (pre: 8.72 ± 1.06, post: 7.75 ± 0.64 minutes), coordination (pre: 8.16 ± 1.59, post: 7.08 ± 1.92 min), agility and dynamic balance (pre: 22.06 ± 2.49, post: 21.40 ± 2.55 minutes) and flexibility (pre: 21.71 ± 10.43, post: 23.81 ± 8.44 cm). There wasn’t significant difference in the following variables: body mass, waist and hip. According to the IPAQ questionnaire (short version), all the volunteers passed the condition of irregularly active to active or very active. Regarding sleep apnea, there was a decrease of the likelihood of occurring it. About the sleeping quality data, there was worsening comparing pre and post training. Conclusion: the 13 weeks hydro gymnastic training reduced systolic and diastolic blood pressure and significantly improved variables of functional fitness, reducing the high probability of sleep apnea and also reducing sleeping quality of the research volunteers
Keywords Treinamento físico
Hidroginástica
Hipertensão arterial
Adultos
Physical training
Hydro gymnastic
Hypertension
Adult
xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-coverage ISS
Language Portuguese
Date 2012-12-12
Published in FRAGA, Vanessa Matos. Efeito do treinamento físico de hidroginástica na pressão arterial e aptidão física de adultos hipertensos. 2013. 55 f. Trabalho de conclusão de curso de graduação (Educação Física) - Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2013.
Knowledge area Promoção da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 55 f.
Access rights Open access Open Access
Type Trabalho de conclusão de curso de graduação
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/53236

Show full item record




File

Name: VANESSA FRAGA.pdf
Size: 1.212Mb
Format: PDF
Description: TCC completo
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account