Composição corporal e qualidade de vida de adultos obesos: efeitos da terapia interdisciplinar

Composição corporal e qualidade de vida de adultos obesos: efeitos da terapia interdisciplinar

Author Araujo, Gustavo Souza Mendonça de Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Caranti, Danielle Arisa Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Abstract A obesidade atualmente é classificada como uma pandemia global, sendo colocada como um grande problema de saúde publica afetando a mesma direta e indiretamente. Sua etiologia é multifatorial, caracterizada por um acúmulo excessivo de gordura, tendo o desequilíbrio energético como a principal causa para a doença. A obesidade leva a diversas alterações que prejudicam a qualidade de vida, como, por exemplo, as mudanças na composição corporal, o acometimento por doenças e as alterações metabólicas que influenciam negativamente todos os seus domínios: saúde física, saúde psicológica, relações sociais e meio ambiente. O objetivo do presente estudo foi verificar a eficiência da terapia interdisciplinar na composição corporal e na qualidade de vida de adultos obesos e verificar se existe alguma relação entre essas variáveis. Vinte e quatro (24) voluntários de ambos os gêneros com médias de idade de 41,29 ±5,69 anos, massa corporal de 92,91 kg ±12,47 e de IMC 33,48 kg/m² ±2,91 participaram da terapia interdisciplinar com duração de 35 semanas, que contava com seis intervenções semanais, três de educação física, uma de fisioterapia, uma de nutrição e uma de psicologia e tiveram uma frequência mínima de 75% em todas as áreas. Foram realizadas medidas antropométricas para avaliação da massa corporal, estatura e perímetros. A composição corporal foi aferida através do método DEXA e a qualidade de vida pelo questionário da Organização Mundial de Saúde WHOQOL – Bref. Após a terapia os voluntários obtiveram uma melhora significativa nas variáveis relacionadas à composição corporal, com exceção do perímetro do pescoço (-0,28 cm P=0,236) e da massa magra (-0,3 kg P=0,775) que se mantiveram inalteradas. A perda do peso (-4,12 kg P<0,001) foi exclusiva de massa gorda (-4,24 kg P<0,001) e os voluntários tiveram diminuição do perímetro da cintura (-6,35 cm P<0,001) e do quadril (-4,8 cm P<0,001), além de uma diminuição significativa no IMC (- 1,52kg/m2 P<0,001). Em relação qualidade de vida, também tivemos melhoras significativas na classificação geral (+5 pontos, 50% P<0,001) e em todos os domínios: saúde física (+3,4 pontos, 28% P<0,001), saúde psicológica (+2,61 pontos, 22% P<0,001), relações sociais (+1,30 pontos, 10% P=0,039) e meio ambiente (+1,38, 11% pontos P<0,001). Embora tenhamos encontrado melhoras significativas nas variáveis de composição corporal e de qualidade de vida, não encontramos nenhuma correlação entre as variáveis. Esses resultados demonstram que a mudança no estilo de vida, com um aumento do nível de atividade física, reeducação alimentar e um maior conhecimento sobre a doença, foi eficiente na melhora na composição corporal e na qualidade de vida de adultos obesos e poderá ser utilizada como uma boa alternativa para o controle da pandemia da doença e como terapia para promoção da saúde.

Actually obesity is classified as a global pandemic, being classified as a major public health problem. Its etiology is multifactorial, characterized by an excessive accumulation of fat, being energy imbalance as the main cause for the disease. Obesity leads to several changes that impair quality of life, for example, changes in body composition, involvement by disease and metabolic changes that influence negatively all domains: physical health, Psychological Health, social relationships and environment. The aim of this study was verify the efficiency of interdisciplinary therapy on body composition and quality of life of obese adults and determine if there is any relationship between these variables. Twenty four (24) obese of both gender with mean age 41.29±5,69 years, body mass 92,91±12.47 Kg and BMI 33.48 ±2,91 kg/m², participated during 35 weeks of interdisciplinary therapy, which included six weekly interventions: three physical exercise, one physiotherapy , one nutrition and one psychology intervention. Anthropometric measures to assess body mass, height and girth were performed. The body composition was measured by DEXA method and quality of life at the World Health Organization questionnaire WHOQOL - Bref. After therapy the volunteers had a significant improvement in body composition and anthropometric measures, except the perimeter of the neck (-0.28 cm P = 0.236) and lean mass (-0.3 kg P = 0.775 ). The weight lost (-4.12 kg P<0.001) was exclusively of fat mass (-4.24 kg P < 0.001) and the volunteers had decrease in waist circumference (-6.35 Cm P < 0.001) and hip circumference (-4.8 cm P < 0.001), further on decrease on BMI (- 1,52kg/m2 P<0,001). In regard to quality of life, also had significant improvements, general (+5 points P < 0.001) and in all domains: physical health (+3.4 points P < 0.001), psychological health (+2.61 points P < 0.001), social relationships (+1.30 points P = 0.039) and environment (+1.38 points P < 0.001). Although we found significant improvements in body composition variables and quality of life, we didn’t find correlation between the variables. These results showed that the change on lifestyle, with an increase on physical activity level, change of diet and increase knowledge about the disease, it was effective in improving body composition and quality of life of obese adults and can be used as a good strategy for the control of obesity pandemic and as therapy for health promotion
Keywords Pesquisa Interdisciplinar
Obesidade
Composição Corporal
Qualidade de Vida
Obesity
Interdisciplinary Research
Quality of Life
Body Composition
xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-coverage ISS
Language Portuguese
Date 2014-12-10
Published in ARAUJO, Gustavo Souza Mendonça de. Composição corporal e qualidade de vida de adultos obesos: efeitos da terapia interdisciplinar. 2014. 42 f. Trabalho de conclusão de curso de graduação (Educação Física) - Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2014.
Knowledge area Promoção da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 42 f.
Access rights Open access Open Access
Type Trabalho de conclusão de curso de graduação
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/53222

Show full item record




File

Name: GUSTAVO ARAUJO.pdf
Size: 1.188Mb
Format: PDF
Description: TCC completo
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account