Frequency of endometriotic lesions in peritoneum samples from asymptomatic fertile women and correlation with CA125 values

Frequency of endometriotic lesions in peritoneum samples from asymptomatic fertile women and correlation with CA125 values

Título alternativo Frequência de lesões endometrióticas em amostras de peritônio de mulheres férteis assintomáticas e correlação com valores de CA125
Autor Barbosa, Caio Parente Autor UNIFESP Google Scholar
Souza, Ângela Mara Bentes de Google Scholar
Bianco, Bianca Alves Vieira Autor UNIFESP Google Scholar
Christofolini, Denise Maria Autor UNIFESP Google Scholar
Bach, Fernanda Abani Mafra Google Scholar
Lima, Geraldo Rodrigues de Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Faculdade de Medicina do ABC Department of Gynecology and Obstetrics Division of Pathological Gynecology
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo CONTEXT AND OBJECTIVE: Serological testing for CA125 has been widely used to detect endometriosis and to monitor its progression. However, controversy still exists regarding the usefulness of the plasma CA125 assay for diagnosing endometriosis. Furthermore, some authors have described superficial endometriosis as a cyclical and normal phenomenon in women's lives, and have indicated that development and progression of this disease would only occur in some women as a result of immunological changes. This study aimed to determine the frequency of endometriosis and the correlation between serum CA125 levels and the presence of endometriotic lesions in the peritoneum of asymptomatic fertile patients. DESIGN AND SETTING: Cross-sectional study at the Family Planning outpatient clinic of Faculdade de Medicina do ABC. METHODS: Eighty asymptomatic fertile patients who underwent tubal sterilization surgery were studied. Blood and peritoneum samples were collected. CA125 levels were measured from blood samples, and peritoneum biopsies were studied using histopathological tests. RESULTS: Histopathological evaluation of the peritoneum revealed that 16.25% of the patients had minimal or mild endometriosis. There was no statistically significant difference in CA125 levels between patients with and without endometriosis. CONCLUSION: The presence of endometriotic lesions in the peritoneum of fertile patients supports the hypothesis that incidental findings of minimal or mild endometriosis may not be of clinical significance, and that the progression of the disease probably occurs as a result of immunological and genetic abnormalities. Serum CA125 levels did not show any diagnostic significance with regard to detecting the disease.

CONTEXTO E OBJETIVO: O teste sorológico para CA125 tem sido largamente usado para detectar e monitorar a progressão da endometriose, entretanto, a utilidade do ensaio do CA125 plasmático para o diagnóstico da endometriose ainda é controversa. Além disso, alguns autores descreveram a endometriose superficial como sendo um fenômeno cíclico e normal na vida de uma mulher, e que o desenvolvimento e progressão desta doença ocorreriam apenas em algumas mulheres como resultado de alterações imunológicas. Este estudo teve como objetivo determinar a freqüência de endometriose e a correlação entre os níveis séricos de CA125 e a presença de lesões endometrióticas em peritônio de pacientes férteis assintomáticas. TIPO DE ESTUDO E LOCAL: Estudo transversal realizado no Ambulatório de Planejamento Familiar da Faculdade de Medicina do ABC. MÉTODOS: Foram estudadas 80 pacientes férteis assintomáticas submetidas à cirurgia de esterilização tubária. Amostras de sangue e peritônio foram coletadas. Os níveis de CA125 foram medidos a partir das amostras de sangue e as biópsias de peritônio foram estudadas por ensaio histopatológico. RESULTADOS: O estudo histopatológico do peritônio revelou que 16,25% das pacientes apresentavam endometriose mínima e leve. Os níveis de CA125 não demonstraram diferença estatística significante entre pacientes com e sem endometriose. CONCLUSÃO: A presença de lesões endometrióticas em peritônio de pacientes férteis reforça a hipótese de que achados acidentais de endometriose mínima e leve podem não ter significância clínica, e que é provável que a progressão da doença ocorra como resultado de alterações genéticas e imunológicas. Os níveis séricos de CA125 não demonstraram significância diagnóstica para a detecção da doença.
Palavra-chave Endometriosis
Pelvic pain
Infertility
Dysmenorrhea
CA-125 antigen
Endometriose
Dor pélvica
Infertilidade
Dismenorréia
Antígeno Ca-125
Idioma Inglês
Data de publicação 2009-11-01
Publicado em São Paulo Medical Journal. Associação Paulista de Medicina - APM, v. 127, n. 6, p. 342-345, 2009.
ISSN 1516-3180 (Sherpa/Romeo)
Publicador Associação Paulista de Medicina - APM
Extensão 342-345
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1516-31802009000600004
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1516-31802009000600004 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/5318

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1516-31802009000600004.pdf
Tamanho: 342.1KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta