Exposição à violência e problemas de saúde mental em países em desenvolvimento: uma revisão da literatura

Exposição à violência e problemas de saúde mental em países em desenvolvimento: uma revisão da literatura

Título alternativo Exposure to violence and mental health problems in low and middle-income countries: a literature review
Autor Ribeiro, Wagner S. Autor UNIFESP Google Scholar
Andreoli, Sergio Baxter Autor UNIFESP Google Scholar
Ferri, Cleusa Pinheiro Autor UNIFESP Google Scholar
Prince, Martin Google Scholar
Mari, Jair de Jesus Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
King's College London institute of Psychiatry Health Service and Population Research departament
Universidade Católica de Santos
Resumo OBJECTIVE: To study the epidemiological evidence on the prevalence of exposure to violence and its relationship with mental health problems in low and middle-income countries. METHOD: The search was based on cross-sectional and cohort studies available in electronic databases (Medline, Psycinfo, Embase, SciELO and Lilacs), through July 2009, using the key words: violence and mental disorders. RESULTS: The frequency of exposure to violence was shown to be very high and was significantly associated with mental health problems. Among children, the highest correlation was found to be of domestic violence with externalizing problems (OR = 9.5; 95% CI = 3.4-26.2), and suicidal ideation with sexual abuse (OR = 8.3; p < 0.05); among women, depression/anxiety symptoms correlated with intimate-partner psychological (OR = 3.2; 95% CI = 1.8-5.8) and sexual (OR = 9.7; 95% CI = 1.9-51.2) violence. In the general population, the highest prevalence rates of post-traumatic stress disorder were associated with sexual and domestic violence, kidnapping, and cumulative trauma exposure. Violence also correlated with common mental disorders. CONCLUSION: A substantial part of the mental health problems in low and middle-income countries can be attributed to violence. Thus, interventions directed to decrease violence in low and middle-income countries might have a major positive impact on the mental health of those living in these settings.

OBJETIVO: Estudar os achados epidemiológicos sobre a prevalência de exposição à violência e a associação entre exposição à violência e problemas de saúde mental em países em desenvolvimento. MÉTODO: A revisão foi baseada em estudos de corte transversal e de coorte encontrados em bases de dados eletrônicas (Medline, Psycinfo, Embase, SciELO e Lilacs) até o mês de julho de 2009. As palavras-chave utilizadas foram: violência e transtornos mentais. RESULTADOS: Exposição à violência em países em desenvolvimento é bastante frequente e está significantemente associada a problemas de saúde mental. Em crianças, a maior associação encontrada foi entre violência doméstica e problemas de externalização (OR = 9,5; IC 95% = 3,4-26,2), e entre ideação suicida e abuso sexual (OR = 8,3; p < 0,05); entre as mulheres, sintomas de depressão e ansiedade estão correlacionados com violência conjugal psicológica (OR = 3,2; IC 95% = 1,8-5,8) e violência sexual (OR = 9,7; 95% IC = 1,9-51,2). Na população geral, as maiores taxas de prevalência de transtorno de estresse pós-traumático estão associadas com violência sexual e doméstica, sequestro, e exposição a múltiplos eventos traumáticos. Violência também está associada com transtornos mentais comuns na população geral. CONCLUSÃO: uma parte importante dos problemas de saúde mental em países em desenvolvimento pode ser atribuída à violência. Portanto, intervenções voltadas para a redução da violência poderiam ter um impacto significativo na redução de problemas de saúde mental nesses países.
Palavra-chave Violence
Mental disorders
Cross-sectional studies
Cohort studies
Review
Violência
Transtornos mentais
Estudos transversais
Estudos de coortes
Revisão
Idioma Português
Data de publicação 2009-10-01
Publicado em Revista Brasileira de Psiquiatria. Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP, v. 31, p. S49-S57, 2009.
ISSN 1516-4446 (Sherpa/Romeo)
Publicador Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP
Extensão S49-S57
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1516-44462009000600003
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1516-44462009000600003 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/5306

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1516-44462009000600003.pdf
Tamanho: 970.3KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta